Como ganhar dinheiro no fim do ano?

ganhar dinheiro

Foto: Artiga Photo/Corbis

Natal, Ano Novo, troca de presentes e ceia são alguns dos eventos que marcam o fim do calendário. E tudo isso gera um gasto que todo mundo já conhece. Mas que tal lucrar no fim do ano para arcar com as despesas? Não são apenas os empregos temporários em lojas que garantem a possibilidade de ganhar dinheiro no fim do ano, é possível trabalhar em casa e faturar uma boa graninha antes de 2014 chegar.

É comum comprarmos os chocolates da Páscoa com uma vizinha da rua, do condomínio ou conhecida de alguma amiga mais próxima, mas é completamente plausível você colocar suas habilidades em prática e se organizar para produzir artesanatos e alimentos típicos e garantir uma renda extra na época de fim de ano.

Zenaide Mota, analista de atendimento do SEBRAE, conta: "Geralmente as mulheres fazem esse tipo de trabalho em períodos mais esporádicos. Elas focam em coisas que podem ser feitas em casa, coisas que gostam ou que tenham experiências anteriores".

Pratos típicos, artesanatos, doces que tenham a ver com a época e toda a parte de organização de eventos podem ser um grande investimento para quem não quer perder tempo. "E dando certo, fica para o resto do ano", indica Zenaide. Em qualquer desses ramos, é importante que você observe o seu diferencial de mercado, o que torna seu trabalho único e pode cativar e fidelizar um cliente.

No quesito artesanato: que tal fazer alguns personalizados com nome, características e escolhas pessoais ou, até mesmo, o rosto de cada cliente? De produção de sabonetes a bolsas, roupas, porta-retratos, etc., deve-se sempre buscar a exclusividade. "Atende-se menos pessoas, mas faz-se isso com expectativa própria", afirma a analista. E a dificuldade de produzir muitos produtos pode ser compensada pelo preço mais alto de algo único.

Antes de começar a produção, faça uma pesquisa e saiba se já existem pessoas ou empresas fazendo a mesma coisa. É preciso que você conheça seus concorrentes e saiba qual seu diferencial. Analise os riscos de entrar nesse negócio, balanceando o quanto você precisa investir e a probabilidade de obter o retorno desse dinheiro. Depois de garantir tudo isso, aprimore sua técnica, produto ou serviço, de modo que possa manter clientes satisfeitos e que recomendem seu trabalho.


Se você for preparar comidas, doces e coisas parecidas procure ajuda de amigos e familiares para que possam colaborar e proporcionar uma melhor utilização do tempo. Eles serão o auxílio fundamental na parte operacional, enquanto você pode se concentrar no produto e no cliente.

Os planos de negócios são seus maiores amigos quando você decidir ingressar num novo negócio, quiser otimizar sua produção e ter um bom resultado. "No site do SEBRAE as pessoas podem encontrar um modelo para elaboração do plano de negócios. A questão do planejamento, várias orientações e cursos de educação à distância também estão por lá e são formas interessantes de encontrar essas informações", avisa Zenaide.

Depois de se certificar de que todos esses detalhes foram cuidadosamente checados, é só começar a divulgação entre amigos e familiares, nas redes sociais ou no velho boca a boca, e colocar a mão na massa, na tinta, nos tecidos, nos doces... Divirta-se e garanta um bom dinheiro!

* Serviço: Zenaide Mota, analista de atendimento do SEBRAE.

Por Juliany Bernardo (MBPress)

Comente