Como evitar erros financeiros aos 30, 40 e 50 anos

erros financeiros

Foto - Shutterstock

Você já cometeu algum erro com as suas finanças? De acordo com o site Daily Worth, estes deslizes econômicos acontecem de diferentes formas, conforme as fases da sua vida. Se quando mais novos só pensamos em gastar e esquecemos de olhar o futuro com uma aposentadoria, quando mais velhos acabamos caindo na defensiva e possíveis investimentos ficam para último plano.

Então se você não quer fazer parte deste grupo e tentar manobrar de alguma forma sua passagem por estes possíveis erros, abaixo os principais enganos cometidos aos 30, 40 e 50 anos.

Erros financeiros aos 30 anos

É a época em que algumas pessoas fazem planos para casamento ou morar junto e quando decididos a isso, a primeira coisa que o casal faz é combinar as contas, o famoso "tudo que é seu é meu". O mais racional, neste caso, seria manter as contas separadas e abrir outra para o casal. Guarde sua renda em conta particular e o que for de despesa da casa em uma conta conjunta.

Erros financeiros aos 40 anos

Você trabalhou bastante. Vive um momento estável na sua carreira, então porque não gastar e comprar aquilo que sempre sonhou? Um carro, uma casa nova ou até mesmo fazer a viagem que nunca conseguiu fazer, por exemplo. Um verdadeiro conto de fadas, não é mesmo? Não!

É nesta fase em que você deveria em se preocupar em guardar parte de sua renda para a aposentadoria. Pais com filhos em universidade sempre acabam usando o dinheiro da poupança para cobrir gastos, então cuidado!

Erros financeiros aos 50 anos

Você passou pelas duas últimas décadas sem grandes problemas. Guardou o suado dinheiro para a aposentadoria e investimentos estão fora de cogitação. Bom, os chamados protetores financeiros acabam esquecendo que quanto mais velhos, mais gastos se acumulam, como compra de remédios, aumento do plano de saúde e outras coisas que irão consumir as finanças de um jeito ou de outro. Por isso, o crescimento constante da aposentadoria não pode ficar para segundo plano.


Por Kelly Jamal

Comente

Assuntos relacionados: finanças dinheiro planejamento financeiro