Como ajudar entidades com a Nota Fiscal Paulista

Na hora de pedir a Nota Fiscal Paulista, nem tudo mundo conhece que existe a possibilidade de ajudar entidades filantrópicas que estão cadastradas no programa. Porém, para que a doação seja feita, a Secretaria da Fazenda do Estado de São Paulo alerta que somente os consumidores podem fazer a doação às entidades.

De acordo com o regulamento da Nota Fiscal Paulista, os estabelecimentos comerciais são proibidos de fornecer a nota sem CPF para qualquer instituição, pois isso pode anular o direito do consumidor de escolher para qual entidade ele quer contribuir. Por esse motivo, para validar a doação, o consumidor não deve incluir a compra no CPF.


A nota fiscal da compra deve ser entregue diretamente na entidade beneficiada até o dia 20 de cada mês seguinte ao da compra. Um profissional autorizado irá cadastrar a nota no site e futuramente colherá a porcentagem destinada à doação. Outra opção é depositar nas urnas distribuídas nos estabelecimentos comerciais ou por meio do site do programa, cadastrando a nota fiscal em favor da entidade de sua preferência.

Duas regras importantes que foram impostas pelo programa: não é permitido que outra pessoa apresente o CNPJ da entidade no momento em que estiver realizando a compra, que não seja da entidade. Também não podem ser fornecidos os dados das notas sem identificação.

Por Lívany Salles

Comente