Vale a pena ter mais de um cartão de crédito?

Vale a pena ter mais de um cartão de crédito

Um é pouco, dois é bom, três é demais! O velho ditado cai como uma luva para responder à questão: vale a pena ter mais de um cartão de crédito?

A orientação é do educador financeiro Mauro Calil, que mostra claramente como o uso consciente de mais de um cartão pode ajudar no orçamento. Mas, quem não tiver cautela, dificilmente conseguirá escapar de uma tremenda dívida!

"A primeira providência a ser tomada por quem utiliza dois cartões de crédito é cuidar para que os prazos de vencimento da fatura tenham uma diferença de 15 dias entre um e outro".

Além disso, diz Calil, não é somente a quantidade de cartões que deve-se levar em consideração, mas o valor da soma dos seus limites. "A recomendação é que o valor da soma dos limites dos cartões alcance, no máximo, 50% da renda líquida do usuário".

Exemplificando: se uma pessoa ganha R$ 5 mil, deve ter um limite máximo de R$ 1.250 em cada cartão. "É claro! Existem contas como IPTU, IPVA, luz, aluguel que não podem ser pagas com cartão. Se a pessoa que ganha R$ 5 mil estabelecer um limite com esse mesmo valor em cada cartão, acaba multiplicando seu poder de gasto por 2, gastando o dobro do que recebe!".


Bom, mas se você já utiliza mais de um cartão de crédito, não tomou esses cuidados e já se afundou em dívidas, Mauro Calil recomenda: em primeiro lugar, tire os cartões da bolsa e deixe-os em casa! E, em hipótese alguma, opte por pagar o valor mínimo da fatura, pois os juros farão a dívida crescer horrores!

"Depois disso, entre em contato com a operadora do cartão e avise que não está conseguindo pagar. Normalmente, essas empresas são abertas a negociação e, via de regra, oferecem parcelas fixas para o acerto de contas. Mas o combinado deve ser cumprido, caso contrário a dívida volta para a situação original, lá pelas alturas".

Por Adriana Cocco

Comente