Carnaval na Bahia: foliões que cancelarem viagem terão direitos garantidos

Direitos de quem cancelou a ida à Bahia

Foto: Divulgação

A greve da Polícia Militar na Bahia terminou na sexta-feira (10), mas com medo que de essa boa notícia não fosse divulgada, muitos foliões acharam melhor cancelar ou adiar seus viagens e reservas de hotéis feitas para o Carnaval de Salvador.

Mas antes de remarcar ou cancelar a viagem, é preciso reler com calma o contrato firmado com as agências de turismo e companhias aéreas. Muitas vezes, o valor da multa e do reembolso não compensam a mudança de planos.

Segundo a advogada especialista em Direito do Consumidor, Rosana Chiavassa, os consumidores podem receber as quantias pagas sem multas. Veja como proceder nesses casos:


- Comunique previamente a empresa via e-mail ou carta registrada.

- Não se esqueça de guardar os comprovantes de envio e recebimento.

- Assim que fizer o cancelamento, solicite a devolução dos valores pagos ou a suspensão do débito dos valores ainda devidos.

- Se for possível fazer o adiamento da viagem, verifique o prazo máximo para fazer a remarcação.

Por Juliana Falcão (MBPress)

Comente