Cai otimismo do empresário da indústria

Parece que os empresários não andam muito otimistas quando o assunto é economia. É o que aponta o Índice de Confiança do Empresário Industrial, levantamento feito pela CNI (Confederação Nacional das Indústrias). De acordo com o estudo, o índice alcançou os 57,5 pontos.

A queda de 2,2% representa a maior dos últimos dez meses. Em relação ao mesmo período do ano passado, o número é ainda maior, chegando a 8,8 pontos. O dado só ficou um pouco abaixo da média histórica, que é de 59,7 pontos.

Segundo mostra a pesquisa, "a queda na confiança sinaliza potencial redução nos investimentos da indústria nos próximos meses". A confiança do empresariado vem reduzindo desde fevereiro do ano passado. Porém, a situação da empresa manteve-se estagnada nos 50,3 pontos, significando que a companhia não teve crescimento nesse período.

Contudo, para a maioria dos entrevistados, espera-se que a economia melhore nos próximos seis meses, representando 62,1 pontos este mês.

O levantamento foi feito com 1.819 empresas, sendo 998 pequenas, 566 médias e 255 de grande porte.

Por Lívany Salles

Comente