Bovespa analisa sustentabilidade nas empresas

Analisar e discutir o impacto da sustentabilidade e do investimento social. Esse é o objetivo do Programa Em Boa Companhia, da BM&F Bovespa, que visa informar o acionista sobre as atividades que as empresas estão desenvolvendo em prol da comunidade.

Na lista, projetos realizados nas áreas ambiental, de capacitação profissional, de cultural, esporte, educação ou saúde. Programas sociais como o Jovem Aprendiz, que tem o objetivo de oferecer ao jovem oportunidade de trabalhar, ganhar experiência, aprender uma profissão, com a ajuda de uma formação técnico-profissional, para estar preparado e qualificado para o mercado.

Entre as ações previstas estão o envio de newsletters, encontros a cada 3 meses com as empresas e especialistas em sustentabilidade, além de um encontro aberto anual para divulgar a carteira do ISE (Índice de Sustentabilidade Empresarial). Para o investidor, uma ótima fonte de informação, uma vez que ele vem se preocupando cada vez mais com questões socioambientais das companhias abertas.


Segundo a Bovespa, as aplicações baseadas na sustentabilidade, denominadas de SRI (sigla, em inglês, para Investimentos Socialmente Responsáveis), "consideram que empresas sustentáveis geram valor para o acionista no longo prazo, pois estão mais preparadas para enfrentar riscos econômicos, sociais e ambientais".

Por Lívany Salles

Comente