Batom nos investimentos

Atualmente são reduzidas as diferenças de posturas entre homens e mulheres diante das muitas opções de investimento. Porém, não se pode negar que elas existem. Cabe a homens e mulheres perceberem o lado positivo das características gerais de cada um para aprender a lidar melhor com essas diferenças e tirar proveito delas.

  • Mulheres são mais conservadoras nos investimentos; homens mais arrojados.
  • Mulheres são mais emotivas; homens mais racionais.
  • Mulheres são mais previdentes; homens mais aventureiros.
  • Mulheres são mais dependentes; homens mais protetores.
  • Mulheres são mais realistas; homens mais sonhadores.

Claro que são apenas características gerais, de conhecimento público e consenso popular. Não se aplicam a todos e cada vez mais encontramos exemplos do outro lado dessa linha imaginária.

Também se foi o tempo em que apenas homens eram provedores, que mulheres não exerciam cargos de chefia, que homens pagavam todas as contas e que as mulheres gastavam o dinheiro que os homens ganhavam.

Há algum tempo uma coluna de finanças como esta, se dirigida às mulheres, ficaria às moscas, sem visitas e sem leitoras. E aqui está você, interessada em melhorar sua relação com o dinheiro e em aprender mais sobre finanças para conquistar a sonhada independência. No caso, a financeira. E esse é o tipo de relação que até os homens gostam de discutir (mas pegue leve... tem hora para tudo!)

Foi-se o tempo em que as mulheres administravam apenas o orçamento doméstico. É cada vez maior, o que é melhor, a participação das mulheres em mercados e postos antes reservados aos homens. Executivas, investidoras, gerentes de banco, corretoras, economistas, especialistas e, como não poderia deixar de ser, iniciantes.

Se for este o seu caso, uma iniciante na arte de investir, conheça algumas regrinhas básicas que vão ajudá-la por toda sua vida de investidora, mesmo quando for mais experiente:

  • Seja paciente. Os bons resultados não aparecem no curto prazo.
  • Seja esperta. Diversifique os investimentos e reduza riscos
  • Fique atenta. Informação é fundamental.
  • Estude. Conheça diferentes alternativas de investimentos.
  • Seja consciente. Você é amadora.
  • Tome suas próprias decisões. Assessores e consultores servem apenas para isso: assessorar e ser consultados.
  • Conheça seu perfil. Tire proveito dele.
  • Seja fiel. Quanto melhor você conhecer determinado tipo de investimento, melhor proveito você tira dele.
  • Seja discreta.Também nas finanças, quem conta muita vantagem corre riscos
  • Mantenha o controle. Você é responsável pelo seu dinheiro

Enfim, encare a nova realidade. Você conquistou espaços. Junto com eles surgiram novas obrigações. Não dá mais para simplesmente dizer que não gosta de economia, finanças ou matemática.

Não basta a mulher conquistar cargos e melhores salários. Isso é apenas uma etapa do novo caminho. É preciso saber o que fazer com o dinheiro também. Ou você ainda entrega o seu dinheiro para o papai ou o maridão administrar?

Álvaro Modernell é colunista de Finanças Pessoais do Vila Sucesso. Palestrante, consultor, autor de livros e sócio da Mais Ativos Educação Financeira, esse especialista te ajudará na tarefa de lidar com o dinheiro.

Comente