Aproveite as promoções de janeiro

Quem diria?! Um artigo na coluna de educação financeira estimulando o consumo. Mas é isso mesmo. A idéia é essa mesma. Não é pegadinha, não. Compre sem culpa.

O mês de janeiro possui características próprias em relação ao consumo. Vem logo após o mês que mais se vende no Brasil e no mundo. O comércio faz uma festa com o seu, o meu e o nosso dinheiro. A febre do verão está no auge. As compras da moda já foram feitas e a maioria das roupas vai durar apenas esta estação. Boa parte da população está dura ou endividada com as compras de Natal. Outra parte só pensa em descansar e ficar longe das lojas. As vendas despencam.

Resta ao comércio apelar para as promoções. É preciso esvaziar e substituir estoques, pagar fornecedores, repor o caixa, pagar impostos, investir. Enfim, todos querem novamente o seu, o meu, o nosso dinheiro. E farão o possível para conseguir. Não tendo mais o Natal, vão apelar para placas, cartazes e pinturas chamativas oferecendo promoções e descontos muitas vezes convidativos.

As concessionárias de veículos, as lojas de roupas e as de eletro-eletrônicos ficam desesperadas para vender os saldos dos anos anteriores e se livrar dos micos (passar para nós) que ficaram encalhados do ano anterior, pois as novas linhas já estão disponíveis e sempre há quem se disponha a pagar mais caro por uma geladeira, um aparelho de som ou mesmo um sofá que seja apresentado como lançamento. Imagine roupas e calçados.

Essa é a hora de você tirar proveito. Você que virou o ano sem dívidas. Que soube resistir às tentações do Natal. Que sabia que o mês de janeiro teria promoções incríveis. Que ficou tentada a comprar uma TV de LCD de 32´ em dezembro, mas resistiu e comprou em janeiro, pelo mesmo preço, uma de 42´. Um bem que vai durar muitos anos na sua casa e vai fazer com que a espera de poucas semanas se transforme em uma recompensa à sua inteligência financeira.

Você que se programou financeiramente para pagar as despesas comuns dessa época do ano como material escolar, impostos, viagens etc, merece também tirar proveito desse momento. Aproveite as promoções. Faça valer seu dinheiro. Peça desconto. Compre o que estiver realmente barato. Aproveite para fazer alguma extravagância. Mas fique atenta às falsas promoções. Dê as costas a quem quiser enganá-la. Janeiro é o mês de quem compra, não de quem vende.

Se você chegou até aqui na leitura deste artigo, obviamente faz parte do grupo privilegiado de mulheres inteligentes que respeita o próprio dinheiro e não vai se atolar em dívidas desde o começo do ano, não é mesmo?. O que se compra em janeiro é para pagar em janeiro. Nada de atirar-se em prestações, carnês e parcelamentos no cartão de crédito. Ou você vai querer chegar ao final de 2009 endividada que nem aquela sua amiga que faz tudo ao contrário de você e vive enrolada com as contas?

Aproveitar as promoções é isso. Preparar-se e esperar por elas. Tirar o melhor proveito e valorizar o próprio dinheiro. Dizem que homens pagam dois reais por alguma coisa que vale apenas um mas que eles precisam e mulheres compram qualquer coisa que valha dois e esteja à venda por um, mesmo que elas não precisem. Comerciantes sabem disso. Mostre sua inteligência financeira. Compre apenas o que você precisa, de preferência pagando um por algo que valha dois. Boas compras.

Sua prosperidade depende de você.

Álvaro Modernell é colunista de Finanças Pessoais do Vila Sucesso. Palestrante, consultor, autor de livros e sócio da Mais Ativos Educação Financeira, esse especialista te ajudará na tarefa de lidar com o dinheiro

Comente