Alimentação saudável pode também ser uma forma de economizar

Alimentação saudável  saúde financeira

A ex-BBB e apresentadora Sabrina Sato não abre mão de seus suplementos e comida balanceada cuidadosamente preparados e com o conforto de uma marmita térmica. Foto: Amauri Nehn/AgNews

Muitas vezes, comendo fora em restaurantes, acabamos por ingerir mais calorias que o necessário - afinal, um buffet colorido e cheio de opções nos estimula a pegar um pouquinho de cada coisa, e isso pode sobrecarregar nossa capacidade diária de ingestão calórica, acumulando peso.

Comer bem definitivamente tem sido algo colocado na ordem do dia da saúde física e pode ser facilmente encaixado na saúde financeira. Uma alimentação que privilegia comida fresca, bom equilíbrio de legumes, proteínas e carboidratos pode ser obtida sem muitos gastos. Basta ficar atenta ao que comprar, e escolher sempre variedades conforme a safra. Uma boa forma de comprar continua sendo a feira e mesmo os sacolões dos supermercados, com ofertas que colocam qualidade a um preço mais acessível.

Outra forma de muito resultado para comer bem e economizando é a boa e velha marmita, repaginada com estilo e aderida por muita gente de bom gosto. Você já deve ter visto e lido sobre as celebridades que cuidam muito bem da alimentação e que, em muitos lugares, preferem levar comida caseira - e manter a dieta - do que comer algo em restaurantes ou lanchonetes.

Exemplos não faltam: a global Christiane Torloni é adepta de uma sopa que mantém a forma e é prática para levar numa garrafa térmica; a ex-BBB e apresentadora Sabrina Sato não abre mão de seus suplementos e comida balanceada cuidadosamente preparados e com o conforto de uma marmita térmica, dentre outras conhecidas atrizes e cantoras que querem manter o peso e a forma.

O bacana desta moda é que você pode fazer o mesmo, com a vantagem de economizar, trazendo saúde e elegância para o corpo e o bolso! Nem precisa calcular muito para perceber que, preparando a comida em casa, você irá economizar bastante sem correr o risco de perder qualidade: nada se compara a uma saudável opção alimentar feita em casa ou comprada antecipadamente.

Veja mais exemplos para facilitar a vida e preservar o orçamento:

- Almoçar fora pode custar caro: mesmo levando em conta que muitas empresas oferecem auxílio-alimentação, conforme o restaurante ou lanchonete pode ser necessário completar o valor. Pensando em gastar pouco e poupar muitas calorias? Que tal o omelete de claras de ovos com tomate e cebolas, acompanhando uma barra de cereal, maçã e banana? Complete a refeição com água mineral e você terá uma opção nutritiva e de baixas calorias - e de baixo custo. Experimente!

- Happy hour pode sair caro, principalmente se seu grupo não tiver um bom controle, portanto, que tal sugerir a reunião na casa de um deles sendo que cada integrante leva um petisco ou uma bebida? Com certeza os talentosos amigos farão opções caseiras, como tortas, sanduíches e mesmo pizzas - que serão saborosos e saudáveis, além de bem mais econômicas.

- Muitas empresas têm fornos de microondas disponíveis nos refeitórios para quem prefere comer bem e equilibradamente - que pode ser o seu caso. Se isso estiver disponível, daí a variedade de opções alimentares aumenta muito: sanduíches, legumes cozidos e grelhados ficam excelentes. E para balancear ainda mais vale levar uma saladinha que você tempera na hora, facilmente.


- Para levar a comida com charme e classe há diversas opções de embalagens que duram bastante, não retém cheiro e são extremamente práticas. Artistas e cantoras, modelos e celebridades tem sido clicadas levando suas charmosas marmitas - e estão lançando a moda da boa alimentação. Não se sinta constrangida em levar sua refeição ou lanche: a economia nas calorias e no orçamento será facilmente compensada com um corpo saudável e uma conta bancária mais recheada. Comece agora!

Suyen Miranda é publicitária e consultora de finanças pessoais, atuando no Brasil, Mercosul, Portugal e Angola. Já foi consumidora compulsiva voraz e tornou-se poupadora e empreendedora, e acredita que toda mulher pode e deve ser autônoma e independente financeiramente. suyen@suyenmiranda.com.br

Comente