Ah, dívidas e os homens...