6 dicas para a compra do imóvel

imóvelcompra

Foto - Shutterstock

Considerado um verdadeiro marco na vida de qualquer pessoa, a compra de um imóvel, seja ele ainda na planta, recém-construído ou usado, envolve uma série de cuidados para que a casa própria não se transforme em dor de cabeça.

De acordo com o diretor de Economia e conselheiro da Associação Nacional dos Executivos de Finanças, Administração e Contabilidade (ANEFAC), Roberto Vertamatti, é necessário ter sempre que a decisão de adquirir um imóvel requer muito planejamento e organização financeira, por se tratar de um bem de alto valor e representar um compromisso financeiro cujo pagamento, na maior parte das vezes, costuma ser realizado ao longo de muitos anos.

"Controlar os gastos e definir o quanto será empregado na aquisição de um imóvel, levando sempre em conta a relação entre o que de fato cabe no bolso e as necessidades da família, são os primeiros passos para a compra da casa própria. Nunca comprometer mais do que 30% dos seus rendimentos familiares mensais com dívidas, incluindo aí a prestação da casa própria".

Veja as dicas do especialista para a compra do imóvel:

1. Atenção nos juros

Ter sempre em mente que os juros no Brasil ainda são elevados - Em termos de comparação com outros produtos e serviços, os juros cobrados para adquirir um imóvel no Brasil estão entre os mais baixos do mercado. Contudo, os juros praticados ainda, sim, são elevados.

1. Controle dos gastos

Nunca comprometer mais do que 30% dos seus rendimentos familiares mensais com dívidas, incluindo aí a prestação da casa própria.

2. Como será o mercado imobiliário em 2015 e próximos anos

Se o mercado não se mantiver aquecido, como ocorre atualmente, é possível encontrar, no futuro, alternativas mais interessantes para fazer uma boa aquisição.

3. Defina que tipo de imóvel procurar

É importante responder algumas perguntas e anotar as especificações do tipo de imóvel desejado e despesas fixas de cada um, como condomínio, por exemplo.

4. Estabeleça como será feito o pagamento

Analisar qual será a melhor opção de financiamento, se o FGTS será utilizado na quitação de parte do valor, ou, ainda, se a venda de outro imóvel será utilizado para adquirir o novo bem.

5. Observe a região do imóvel

Verifique se a vizinhança é barulhenta, quais os empreendimentos e serviços disponíveis nos arredores e se há infraestrutura.

6. Saiba com quem se está fazendo o negócio

Pesquise o histórico e a reputação da imobiliária, construtora ou incorporadora. O registro de incorporação é uma evidência importante e necessária em cada novo empreendimento.


Por Vila Mulher

Comente

Assuntos relacionados: casa imóvel investimento