Visagismo: transforme a sua imagem profissional

Transforme a sua imagem profissional

Foto: Hero/Corbis

Descobrir o cabelo e a maquiagem que combinam com o seu rosto pode ajudá-la a destacar a imagem pessoal e, principalmente, a profissional. Por isso, se você pretende repaginar o visual, saiba que as técnicas do visagismo podem ajudar nessa decisão.

Originário da palavra visage, que significa rosto, o visagismo é "a arte de criar uma imagem personalizada. É a habituação da imagem interna com a externa, ou seja, você cria uma sintonia com o que sua personalidade representa", explica o visagista Philip Hallawell, autor do livro ‘Visagismo integrado identidade, estilo e beleza’.

Para aplicar as técnicas do visagismo é necessário antes de mais nada analisar o físico da pessoa, levando em conta o formato do rosto e cor da pele. Além dos itens já citados, deve-se atentar para que tipo de imagem a pessoa pretende passar, considerar a personalidade e saber em qual profissão ela atua.

"O profissional consegue revelar as qualidades interiores de uma pessoa de acordo com suas características físicas e os princípios da linguagem visual - harmonia e estética -, utilizando a maquiagem, o corte, a coloração e o penteado do cabelo, além das roupas e acessórios que combinam com o estilo pessoal", relata Philip.

Ele ainda descreve que a imagem é capaz de atrair ou afastar pessoas, situações e oportunidades. "Com o visagismo é possível expressar as qualidades que são admiráveis às pessoas que estão a sua volta, mostrar dinamismo, alegria e atrair questões positivas na empresa, como o carisma do chefe, clientes ou subordinados", diz ele.

O visagista não recomenda a utilização de cabelos ondulados e soltos no ambiente de trabalho, pois pode passar a impressão de que você é uma mulher sedutora. "Esta certamente não é a imagem que você pretende passar no ambiente profissional. O correto é construir uma figura que mostre seu lado positivo", recomenda.

Ele também salienta que passar pelas transformações do visagismo é fundamental tanto para homens como para mulheres, uma vez que a maioria das pessoas não sabe qual o tipo de imagem está passando para os outros. "A imagem fala por ela mesma e, por este motivo, o visagismo não se prende a padrões. A preocupação é valorizar os pontos fortes e adaptar a moda ao estilo de cada um", afirma o especialista.

Por Stefane Braga (MBPress)

Comente