Vai abrir o próprio negócio? Consulte a numerologia

Empresa nova Consulte a numerologia

Foto: FreeDigitalPhotos http://bit.ly/JHVdLe

A numerologia, contrário ao que muitos pensam, não tem nada a ver com leitura de tarô e nem é necessário que o profissional tenha dons especiais para fazer a interpretação do mapa. Ela é baseada em sistemas de cálculos, nos quais o numerólogo utiliza o nome completo da pessoa (nome de solteira) e sua data de nascimento. Assim é possível identificar o significado e a influência dos números sobre a pessoa.

Porém, se engana quem acredita que ela sirva apenas para saber sobre a vida pessoal. Muitos empresários vêm apostando no cálculo dos números para definir o nome fantasia, razão social e data de fundação, como explica o consultor numerólogo Marco Aurélio Ramos: "Hoje a numerologia é utilizada nas empresas em várias formas: para a escolha do melhor dia para inauguração e abertura da empresa, do melhor ponto, para análise do número do endereço e do perfil de funcionários a serem contratados ou remanejados de setor".

Ramos diz que através da numerologia é possível analisar a compatibilidade entre sócios e definir a área de atuação de cada um de acordo com o seu perfil e habilidades. Para quem tem a empresa já aberta e não obtêm bons resultados, o especialista diz que é necessário adequar o número regente com a atividade. "Muitas vezes o nome constituído tem números regentes incompatíveis com a atividade, por isso é necessário alterar o nome fantasia", esclarece ele.

Além disso, a numerologia serve para entender os ciclos da empresa, pois ela define estas fases que são regidas por determinados algarismos e impõem o ritmo para a organização naquele momento. "Um desses ciclos é o ano numerológico que rege 12 meses da empresa, apontando se o momento é mais oportuno para expandir, encerrar atividades, demitir ou ter mais cautela em certos aspectos, por exemplo", relata ele.

Com isso, a numerologia dá o "manual de instruções" da empresa e da pessoa como forma de facilitar o direcionamento do negócio para o cumprimento das metas definidas. "A numerologia faz um raio X da empresa, com seus sócios e perfis de seus diretores e funcionários, caso necessite ir a tamanho detalhe. Com isto, quem está conduzindo a organização poderá entender melhor a dinâmica que está sendo cobrada, e cada número define um aspecto", afirma o numerólogo.

Marco Aurélio destaca que o segredo para o sucesso empresarial, além do conhecimento técnico e das informações de mercado, está em compreender a dinâmica do empreendedor analisando seu mapa e o da empresa constituída ou a ser constituída. Assim, a soma é mais uma ferramenta poderosa para discernir aquilo que a parte técnica não pode explicar pela sua lógica. "Entender o ciclo pessoal é muito importante para saber como vai fluir naquele momento seu negócio. Por trás de uma empresa existe uma pessoa, ou várias, e o ciclo pessoal interfere enormemente no caminhar do negócio."

A soma do ano da empresa é feita a partir da data de nascimento completa. Se ela foi criada em 20 de novembro de 2011, a identificação do ano numerológico é feita a partir da somar do dia, mês e ano. Ex: 20+ 11+ 2011= 20+11+4= 2+2+4= 8

Segundo o numerólogo, cada ano na numerologia traz situações diferentes para a empresa. Acompanhe a lista elaborada por Ramos com o significado de cada ano:

Ano 1 - Ano em que necessita de novas iniciativas e novos rumos. Abandonar o passado que foi retirado no ano anterior, por vontade própria ou por imposição do Universo através de perdas, rompimentos e distanciamento. Tudo o que se plantar neste ano será o que irá colher nos nove anos seguintes.

Ano 2 - Ano lento, com algumas paradas para exercitar a paciência, pois agora dependerá das pessoas e de tudo à sua volta para a consecução do que foi iniciado no ano anterior. Evitar conflitos para não gerar rompimentos de parceiros em todos os aspectos. Aprender a trabalhar em equipe, pois o individualismo coloca à prova todas as oportunidades do ano.

Ano 3 - Momento para expansão, se expor, autopromoção, mídia, lançamentos de novos produtos, iniciar novos projetos, aumentar a rede de relacionamentos e contatos que podem surgir em ambientes informais e, com isso, gerar crescimento. Porém, perda de controle e gastos desequilibrados por tomada de decisões com base no excesso de otimismo podem levar a endividamentos excessivos e até mesmo à quebra no ano seguinte.

Ano 4 - Ano para agir com firmeza, usar o racional e não o emocional para tomada de decisões, pois estará num ano rígido que cobra muito. Trata-se de um ano arrastado, cheio de contratempos, problemas fiscais, furtos ou prejuízos relacionados à prática desonesta ou com base na ineficiência que será punida duramente neste ano. Para empresas e profissionais é considerado o mais difícil, pois há restrições nos ganhos e cobrança de muita organização, planejamento, rotina, trabalho árduo e contenção de gastos.

Ano 5 - Ano de expansão depois de ser feita a reengenharia necessária no ano anterior, busca de novos rumos e novas oportunidades, porém novos campos de batalha. Para aqueles que fizeram a dura lição do ano 4 será um momento para se libertar das restrições do ano anterior e promover a modernização e crescimento necessários para a empresa ou profissional.

Ano 6 - Este é o ano para consolidar as mudanças no ano anterior. Ano conservador e que os investimentos deverão ser feitos em coisas sólidas (imóveis, ouro, poupança). Evitar especulação e usar de toda diplomacia para solucionar pendências e conflitos que possam surgir. Apagar os incêndios nas relações interpessoais (casamento, sociedades e parcerias) para que esses conflitos não se estendam por mais tempo do que deveriam. Em um ano 6 conflitos que surgem podem gerar rompimentos.

Ano 7 - O fluxo financeiro neste ano é reduzido. O momento é mais oportuno para se fazer um balanço a fim de descobrirmos as falhas, fraudes e problemas que impediram o sucesso, pois tudo o que está oculto vem à tona neste ano. Podem ocorrer traições, perdas de posições por puxadas de tapetes, mas a serenidade será necessária para a superação de um momento mais voltado ao mundo filosófico, espiritual, meditativo e mais intelectual do que material. Planejar o futuro. Ano para investir na qualificação de si mesmo e dos funcionários.

Ano 8 - Ano para empreender, após o planejamento do ano anterior. Investir ou reinvestir os lucros para gerarem maiores ganhos. Muito trabalho, muita disciplina e eficiência para obter resultados que podem vir acima dos esforços realizados. Abrir novas empresas, comprar outras, investir em crescimento, aumentar contratação, fazer alianças, parcerias e uniões poderosas serão as tônicas do ano. Mas mantenha o controle sobre tudo e firmeza nas tomadas de decisões.

Ano 9 - Será necessário desapego, desprendimento, capacidade de superação e transcendência para abandonar o passado. Libertar-se do que já não funciona mais, do que já não dá mais certo ou do que já não quer mais para o futuro. Vender, desfazer-se, demitir e doar serão palavras-chaves do ano. Abrir mão para preparar terreno para um futuro novo que estará prestes a se iniciar no ano seguinte. Neste período dinheiro entra e sai, pode-se entrar muito, assim como deve sair muito. É chamado o outono do ano numerológico.

Empreendimento de sucesso

Embora algumas pessoas desacreditem da importância da numerologia para um empreendedorismo de sucesso, Michel Rodrigues, diretor-geral da "Savannah Ações em Comunicação", explica que para abrir a sua empresa consultou um numerólogo por indicação de um amigo. "A primeira que tive com alguns amigos acabou fechando, por isso consultei um especialista antes de abrir uma nova", relata.


Michel conta que escolheu o nome da empresa, logomarca e a data de inauguração baseado em numerologia. "Não custa nada tentar. Se algo atrapalha por que não fazer?", argumenta ele. "Não há uma detecção de como ela afeta. Eu apenas busco utilizar números e combinações que vão ao encontro do que foi apontado na consulta que fiz ao abrir a empresa, mas não deixo que isso me impeça de fazer algo que acredito ou de mudar algo que tenho convicção que está correto e é a melhor opção", acrescenta.

Ele comenta que é difícil dizer como a numerologia afetou seu negócio, mas garante que a empresa está sempre crescendo. "Com certeza vários fatores contribuíram para isso, entre eles pode estar a numerologia", finaliza Michel Rodrigues.

Por Stefane Braga (MBPress)

Comente