Vagas de emprego em redes sociais

Vagas de emprego nas redes sociais

Assim como o Orkut e mais redes sociais, o Twitter também é outra oportunidade para você ampliar o seu networking e buscar vagas no mercado, disponíveis facilmente conforme a sua área de atuação. Os próprios sites de empregos também atualizam o twitter com as mais recentes oportunidades - uma forma rápida e eficiente de buscar emprego na rede.

"Hoje o futuro do recrutamento de candidatos é por meio da internet com redes sociais e redes colaborativas. Desse modo é possível conhecer os interesses e o perfil do profissional antes mesmo da entrevista e aumentar as chances de conquistas para os candidatos", afirma o especialista em carreira Renato Grinberg.

Do outro lado, as empresas usam as redes sociais para traçar uma análise dos candidatos. Mas a exposição dos profissionais tem o seu preço. Quem costuma participar de comunidades como “não gosto do meu trabalho”, “chefe chatos”, ou mesmo coloca fotos constrangedoras, corre o risco de perder pontos na avaliação.

Recrutadores esclarecem que o resultado da análise do perfil na internet não é crucial, apenas serve como forma de observar se o candidato é adequado à vaga. A melhor prevenção contra eventuais armadilhas é saber que tudo aquilo que se faz na web depõe sobre a imagem pessoal, a favor ou contra.

Segundo Marcelo Abrileri, especialista em carreira e presidente do site Curriculum.com.br, antes de publicar qualquer coisa, é importante fazer duas perguntas: o que eu pensaria de uma pessoa caso visse essa informação no perfil dela? Tal dado pode depor contra a minha imagem? Em caso de dúvida, o melhor é não fazer.

Isso não é motivo para ficar de fora das redes sociais. Basta apenas ter cautela e usar o bom senso, afinal, elas vieram para ficar. “Quem dominar este tipo de comunicação e mostrar talento no que faz terá mais chances de sucesso”, explica.

O importante é saber usar a ferramenta. Mantenha o seu perfil sempre atualizado - mescle conteúdos profissionais e pessoais. Uma forma de ampliar a sua rede de contatos é participar de fóruns e discussões sobre o seu campo profissional. No LinkedIn é possível manter contato com pessoas que trabalharam com você, e ainda cadastrar um mini-currículo no seu próprio perfil.

Sempre observe as vagas em aberto. Além de páginas específicas de empresas, há perfis no Twitter que agregam oportunidades de várias companhias, como a comunidade Trabalhando.com.br (www.twitter.com/trabalhandobr), ou mesmo Trampos (www.twitter.com/trampos).

Além do Twitter, há também outras redes bastante acessadas. Conheça:

Plaxo - disponível em português, surgiu como uma agenda de endereços online. Com o tempo, ele se converteu em uma rede social em que é possível cadastrar informações profissionais.


LinkedIn - também voltada para assuntos profissionais, mais para executivos, permite que internautas, mesmo aqueles que não têm cadastro no site, consultem currículos. Diferencial: metade de seus cadastros são de membros que estão fora dos EUA. Além disso executivos de todas as 500 maiores empresas listadas pela revista Fortune têm perfis no site. E não para por aí. Através das duas redes, você acha pessoas que trabalharam ou estudaram com você, na mesma época. Faça o seu cadastro e boa sorte!

Por Juliana Lopes

Comente

Assuntos relacionados: carreira emprego emprego twitter