Soluções para acabar com o estresse no trabalho

Soluções para acabar com o estresse

Quem nunca sentiu vontade de se descabelar e sair gritando no meio do expediente de trabalho, hein? Aposto que pelo menos por alguns segundos você chegou perto da sensação de explodir. Os motivos são diversos, mas saiba que há várias maneiras de suportar, resolver e até evitar o estresse no trabalho.

Segundo Rodrigo Vianna, diretor da HAYS de São Paulo, o estresse é uma doença e pode acarretar em coisas mais graves, como problemas cardíacos, pulmonares, estomacais, dores nas costas e uma série de decorrências. Ele conta que o principal fator que desencadeia esta sensação é a pressão por resultado.

Porém, ele vai além: "A sobrecarga de exigências, o nível de atividades muito alto e pressão exacerbada por várias coisas resultam em falta de foco e descontrole".

Para o profissional, a falta de diálogo em uma companhia muito burocrática, que leva a hierarquia a sério demais, também pode afetar, assim como não ter uma relação próxima com a pessoa a qual você reporta, um supervisor, por exemplo. Não podemos nos esquecer ainda doambiente de trabalho, como Rodrigo cita: "Tem que ser um lugar agradável, de conversa, descontraído".

Adriana Ambrósio, instrutora de yoga e meditação e coordenadora da Arte de Viver São Paulo, lembrou: "Muitas horas diante do computador sobrecarregam os músculos do pescoço, ombros e costas, tornando-os rígidos e tensos. E com o tempo, a habilidade de funcionar eficientemente no trabalho pode ser prejudicada, além de afetar a qualidade de vida".

Já deu para ver que motivos não faltam para começar a perda dos cabelos, não é mesmo? Mas, calma! Existem várias maneiras para solucionar este problema. As primeiras medidas, por incrível que pareça, devem ser tomadas da empresa para o profissional.

Rodrigo explica que é importante ter acompanhamento de um médico do trabalho e plano de saúde para que não se encontre em um limite de estresse. A flexibilidade na jornada de trabalho é outro ponto. "As pessoas ficam mais tempo na empresa do que dentro de casa. Então, ao invés de o funcionário ficar ausente 12 ou 14 horas de casa, poder fazer home office", sugere. "O happy friday também é uma medida bacana, que permite o funcionário sair mais cedo às sextas-feiras. As empresas têm que buscar alternativas para que isso aconteça", deixa claro.

Portanto, dar suporte ao profissional fora da companhia e criar, por exemplo, uma equipe de corrida, também é algo interessante. O especialista ainda sugere: "Massagens no trabalho, desconto em terapias, tudo isso tem que fazer parte do cotidiano do profissional. Assim, ele encontrará mais disposição e vontade de trabalhar para aquela empresa".

Da parte que o funcionário precisa tomar medidas por conta própria, ele também ensina: "É necessário ter dentro da vida pessoal uma válvula de escape. Então, por exemplo, praticar esportes, sauna, piscina, enfim, buscar fora da empresa uma atividade qualquer. Procure o que é bom para você, desde cinema e danças a livros e shows. Existem várias cosias nas quais você pode descarregar suas energias".

Adriana abre nosso olho para um exercício simples que faz toda a diferença: a meditação. "Hoje em dia estamos expostos à raiva, medo, competição acirrada, etc., e a meditação nos ajuda a superar essas emoções e a manter uma mente calma, aguçada, criativa e livre de estresse, apta a atender às exigências do trabalho e da vida", conta.

Portanto, para aquele momento do limite do estresse e muita tensão, a instrutora dá ótimas dicas de exercícios para fazer no trabalho:

Rotação do pescoço:

Feche os olhos, deixe o pescoço cair em direção ao peito, comece a fazer movimentos circulares com o pescoço. Inspire quando sobe e expire quando desce. Faça quatro repetições para cada lado.

Alongamento da coluna

Mantenha os pés no chão e leve as mãos sobre os joelhos. Ao inspirar, incline as costas para trás e olhe para o teto; ao expirar, incline as costas para frente e olhe para seu umbigo. Repita cinco vezes.

Inclinar o corpo para frente

Afaste sua cadeira da mesa e sente-se com os pés apoiados no chão. Mantendo as costas retas, entrelace as mãos atrás do corpo. Inspire, olhe para o alto e ao expirar, incline-se para frente, descansando seu peito sobre as coxas, mantendo os braços elevados atrás do seu tronco. Relaxe o pescoço.

Esfregue as têmporas

Mantenha os cotovelos sobre a mesa e coloque as mãos sobre as têmporas. Faça movimentos circulares e suaves primeiro para um lado e depois para o outro.

Medite por alguns minutos

Sente-se confortavelmente, com a coluna reta e o corpo relaxado. Feche os olhos. Tome uma inspiração profunda e relaxe. Deixe os pensamentos fluírem. Não se apegue a quaisquer pensamentos, simplesmente permita que eles entram e saiam. Permaneça assim por alguns minutos.

Você não precisa sentar-se por horas para meditar, alguns minutos de quietude podem te levar a uma profunda experiência de meditação. E o resultado é um corpo e uma mente descansados e reenergizados.

Fazer estas atividades no escritório pode ser divertido, inovador e relaxante, como disse Adriana. E mais: "Realizá-los pode ser muito eficaz para eliminar as dores no corpo, fatiga e tensão e aumentar a força e flexibilidade muscular. Além de que, deixar o trabalho de lado por alguns poucos minutos e cuidar somente de você, é uma ótima recarga para suas baterias. Você retomará o trabalho com muito mais entusiasmo e disposição".


Portanto, as regrinhas para um bom dia de trabalho estão todas aí. Mesmo se sua empresa não proporcionar algumas destas dicas, incentive! Enquanto as soluções do ambiente não chegam, pratique estes simples exercícios e construa uma boa atmosfera ao seu redor. Nada melhor do que se envolver em uma barreira de tranquilidade. Assim, estresse nenhum vai arruinar seu bom humor!

Por Alessandra Vespa (MBPress)

Comente