Reunião improdutiva, nunca mais!

Reunião improdutiva nunca mais

Para que as reuniões de negócios sejam produtivas e, não uma concessão para a improdutividade, é preciso que os executivos saibam como focar e registrar suas informações para que não se percam no meio do caminho. “As faculdades deveriam incluir isso no currículo, são poucos profissionais que sabem conduzir boas reuniões”, afirma Christian Barbosa, especialista em gerenciamento de tempo e autor do livro “A Tríade do Tempo - A Evolução da Produtividade Pessoal”.

Muitas pessoas acham que sentar em uma mesa e expor algumas idéias traz resultados benéficos para a empresa. Porém, hoje, precisamos mostrar resultados concretos para mostrar que um encontro entre os profissionais da empresa é necessário. Abaixo, Barbosa ressalta três perguntas básicas que os executivos devem fazer antes de convocar uma reunião e, assim, cortar gastos desnecessários.

A) A reunião tem um objetivo? Reuniões sem objetivo não devem ser feitas, trate no máximo dois assuntos por vez, muita informação dispersa o foco.

B) As pessoas que podem decidir estarão presentes? Pessoas que têm poder de decisão devem estar na reunião, ou ela se tornará um comício político. E, bons resultados, dependem de boas decisões.

C) Existe uma forma do assunto ser resolvido sem essa reunião? Este é um aspecto muito importante que deve ser avaliado. Se o assunto puder ser resolvido de outra forma, via e-mail, com um telefonema ou em um café, não há necessidade de se fazer uma reunião.

Comente

Assuntos relacionados: carreira sucesso produtividade