Política da boa vizinhança no trabalho

Política da boa vizinhança no trabalho

Muitas vezes nos vemos obrigadas a trabalhar com pessoas de outras áreas ou somos surpreendidas com uma troca de gerente. Especialistas aconselham que o melhor é controlar a ansiedade que surge num momento de adaptação. Manter uma boa postura profissional com certeza vai te ajudar a driblar com sucesso qualquer desconforto profissional. Confira mais dicas de profissionais de recursos humanos:

Educação: use os tradicionais "licença", "por favor" e "obrigada". Ser educada faz toda diferença. Atenção também ao seu modo de falar, para não parecer arrogante e dono da verdade. Na hora de falar no celular, converse em voz baixa (não sussurrando), para não incomodar seus colegas. Falando em celulares, deixe o seu aparelho no modo silencioso ou vibracall.

Seja pontual: Nenhum chefe gosta que um funcionário chegue atrasado, principalmente, quando ele não o conhece muito bem. Faça o possível para cumprir com seus horários e, se for o combinado, não negue ficar até mais tarde se for solicitado.

Caso fique presa no trânsito a caminho do serviço ou o relógio não despertar informe assim que possível ao seu chefe, peça desculpas e explique o que aconteceu. Atrasos em reunião também podem ser prejudiciais, além de atrapalhar sua imagem, irrita as outras pessoas que chegaram no horário.

Visual: Suas roupas dizem tudo sobre você. Portanto, evite roupas decotadas, muito justas e mal ajeitadas. Tenha bom gosto e bom senso. Nada de decotes ou saias curtas, maquiagem pesada, acessórios em excesso etc. Uma boa apresentação visual é importante. Afinal, a primeira impressão é a que costuma ficar. Em algumas empresas, o uso do uniforme é obrigatório, então, evite não usá-lo. Não se esqueça de lavar o uniforme na sua folga para não passar sufoco no retorno ao trabalho.


Por Livany Salles

Comente