Operadora de Telemarketing

Telemarketing

Esta pode ser a sua oportunidade! Basta abrir os classificados de empregos dos jornais e conferir: o grande número de vagas direcionadas às operadoras de telemarketing aponta que este é um setor em expansão. E não é de hoje.

Empresas de diversos setores apostam no telesserviço como um grande diferencial para seus negócios, o que faz com que cada vez mais pessoas desenvolvam esta atividade. A grande maioria dos profissionais é composta por mulheres. Mas não pense que é fácil! Paciência e facilidade para lidar com o público são palavras de ordem para quem deseja seguir na profissão!

A operadora de telemarketing é a profissional que permanece na central de atendimento das empresas e entra em contato com as pessoas, via telefone, para oferecer algum serviço, produto ou promoção, ou recebe ligações de clientes com objetivo de fornecer informações, solucionar problemas ou sanar dúvidas. É ela quem torna o serviço cada vez mais pessoal, individualizando a forma de tratar os clientes.

Não existe formação necessária para ser uma operadora de telemarketing. A maioria das empresas exige apenas o ensino médio completo. Mas há cursos específicos que ensinam a atender ao público e a como se comportar em situações problemáticas. Atualmente, a média salarial gira em torno de R$ 700,00.

Na prática, para ser uma operadora de telemarketing, é necessário conhecimento sobre o funcionamento da empresa, dos serviços e produtos, incumbências de cada departamento e hierarquias. Isso sem falar em: simpatia, boa dicção, vontade de ajudar, metodologia, dinamismo, organização, raciocínio rápido.

No dia a dia, a operadora de telemarketing passa quase todo o tempo sentada, em frente ao computador, atendendo e fazendo ligações telefônicas. Portanto, alguns cuidados importantes devem ser tomados, como por exemplo utilizar as pausas durante o horário de trabalho para exercitar as pernas e alternar o fone de ouvido de lado aproximadamente a cada duas horas.

Curiosidade: sabe quais as piores gafes cometidas pelas opeadoras de telemarketing? Falar mal da concorrência; concordar que sua empresa não presta, quando isto é dito pelo cliente; pensar que ouve e reagir exageradamente; acreditar na memória auditiva (pensar que sabe quem está falando e confundir-se).

Leia também - Planeje sua carreira de forma estratégica

Por Adriana Cocco

Comente

Assuntos relacionados: oportunidade empregos vagas