Não caia nas "pegadinhas" das entrevistas

Não caia nas pegadinhas das entrevistas

Se você acha que só porque tem conhecimento técnico e experiência profissional aquela entrevista de emprego está ganha, engano seu. Durante um processo seletivo, você tem que estar preparada para enfrentar uma maratona de desafios: testes psicológicos, provas de conhecimento técnico ou idiomas, dinâmica de grupo e, se for aprovada em todas as etapas, ainda terá que passar pela temida entrevista, que pode ser individual ou coletiva e, dependendo do nível do cargo, até em outro idioma.

Um erro fatal para qualquer candidata é não conhecer a empresa. Se for o seu caso, pesquise na internet sobre as metas, a visão e valores da empresa. Pergunte a amigos e, se possível, fale com uma pessoa que trabalhe lá dentro. É fundamental que você conheça produtos e serviços da empresa, saber onde está pisando.

Entenda as entrelinhas

Depois das apresentações formais, o entrevistador mostra que gostou do seu currículo e pergunta:

- Por que você está interessado em juntar-se à nossa equipe?

Se você não está preparada, certamente responderá que ouviu muitas coisas boas a respeito da empresa dele e da política de recursos humanos, e que gostaria de integrar-se a uma empresa que está em fase de crescimento. No entanto, você vai perceber que não era bem isso o que ele queria ouvir, e tentará consertar com alguma resposta. Mas aí já será tarde. Melhor você se despedir, ir embora e pensar em outra empresa. Porque nesta, você não terá mais chance.

Mas se você está preparado, vai saber que, na verdade, ele está abrindo uma questão para a qual não deseja necessariamente uma resposta objetiva. Está dando a você a oportunidade de tomar a iniciativa e guiar a discussão sobre fatos específicos de suas qualificações. Sua melhor resposta deveria ser, por exemplo, esta: "Posso fazer uma pergunta antes de responder?" Decerto que ele permitirá, e então você poderá pedir para que ele identifique o maior problema que a empresa enfrenta no momento. Ou então: "Antes de entrar em detalhes mais específicos, o senhor poderia me dizer…?"

Sempre que fizer uma pergunta, use-a para descobrir mais sobre a empresa e suas necessidades, de modo a reforçar os seus argumentos para convencê-lo de que você é a pessoa que ele precisa contratar. A partir da resposta dele, você poderá rapidamente construir um discurso objetivo e breve sobre o que considera importante realizar, no nível da sua competência, para melhorar a eficiência da empresa.


Não seja arrogante, apenas se mostre interessada. O entrevistador ficará contente de ver que você se interessou pelos negócios dele e pelas soluções possíveis a serem implantadas na empresa. Se você já enfrentou situação operacional semelhante à que ele relatou, aproveite para mencionar isto, e conte o que foi feito para corrigir o problema.

Por Livany Salles

Comente