Mulheres buscam mais emprego pela Internet

O espaço conquistado pelas mulheres no mercado de trabalho é inegável. Elas são 56,2% na população economicamente ativas. É o que aponta o Dieese (Departamento Intersindical de Estatística e Estudos Socioeconômicos).

E nesse contexto, podemos destacar a Internet como grande fonte de procura de emprego. O destaque vai para as mulheres. Segundo uma pesquisa da empresa Curriculum, 54% dos currículos disponíveis no site são do sexo feminino. Ou seja, o número representa 3,1 milhões de usuárias que procuram emprego por meio do site.

Mas, qual será o perfil predominante? De acordo com o levantamento, elas são qualificadas, jovens e solteiras. O que espelha a transformação da mulher moderna, cada vez mais preocupada com a carreira.


O site revela que, do total das cadastradas, 46% têm nível superior, enquanto entre os homens o percentual dos que possuem o mesmo nível de estudo é de 44%. Além disso, elas estão na faixa etária entre 20 e 39 anos, sendo três em cada quatro cadastradas. Das entrevistadas, 71% são mulheres solteiras. Representando 54%, o estudo também revela que elas estão concentradas na região Sudeste.

Por Lívany Salles

Comente