Mulher vence prêmio empreendedor do ano

A primeira mulher a vencer o prêmio Empreendedor do Ano Ernst & Young é a empresária Olivia Lum, de Cingapura. A presidente da companhia de dessanilização e tratamento de água Hyflux foi escolhida entre 49 finalistas, sendo que, pela primeira vez, houve uma participação maior de mulheres finalistas, sendo 6 no total.

Segundo comunicou a assessoria da Ernst & Young, "Olivia fundou a Hyflux em 1989 com dois funcionários e um capital inicial de US$15 mil". Hoje, é uma empresa com faturamento de US$ 450 milhões e que emprega mais de 2.300 pessoas em operações e projetos em vários países.

"Estou muito feliz em aceitar este prêmio em nome de todos os funcionários da Hyflux. Para mim, isso reforça a ideia de que não há dificuldades que não possam ser superadas quando você já enfrentou os desafios da fome e da pobreza", disse Olivia no comunicado. "É uma grande honra ter sido escolhida entre as pessoas deste fantástico grupo de empreendedores".

Para a vice-presidente global de mercados de crescimento estratégico da Ernst & Young, Maria Pinelli, o exemplo da ganhadora aponta a tendência do sexo feminino a comandar grandes projetos. "Como a primeira Empreendedora Mundial do Ano do sexo feminino, Olivia é um modelo maravilhoso para os empreendedores e para as mulheres da Ásia e do mundo. Isso só pode acelerar a tendência de aumento global no número de mulheres que fazem grandes negócios".

Por Lívany Salles

Comente