Mesa de trabalho e imagem profissional

Mesa de trabalho e imagem profissional

Recentemente falamos sobre mesas de trabalho aqui no Vila Sucesso. Para não errar na hora de ocupar o seu espaço na empresa, confira as dicas da consultora de etiqueta corporativa Renata Mello que esclarecem sobre questões de imagem e discrição na estação de trabalho pessoal:

  • Como sua mesa de trabalho não é exatamente sua, mas um lugar da empresa cedido para você ocupar no dia-a-dia, evite acumular coisas demais sobre ela. Além de passar uma impressão mais organizada, e de não acúmulo de coisas inúteis e de papéis, na hora de mudar de área, de departamento ou de andar, você terá menos trabalho para carregar tudo. Seja econômico na hora de escolher objetos para colocar sobre a mesa. Procure deixá-la sempre organizada, mesmo que os papéis demais sejam inevitáveis.
  • O espaço de quem trabalha também não é uma loja de brinquedos. Se você gosta deles evite-os nesse ambiente. A imagem que passa é de infantilidade, apesar de muitos nem perceberem isso. Portanto, prefira os do tipo anti-stress - bolinhas para virar nas mãos, almofadas de apertar para aliviar o stress, pêndulos e mini-jardins de areia.
  • Também é necessário cuidado com o tamanho de plantas. Sua baia de trabalho não pode se transformar num jardim. Plantas são bem vindas. Mas nada de exageros no tamanho do vaso e no tamanho da planta; Melhor que não tenha perfume, pois algumas pessoas são alérgicas. Portanto, dê preferência para as pequenas. Atenção: se for sair de férias não a deixe morrendo na mesa. Passa a sensação de irresponsabilidade e falta de sensibilidade. Afinal estamos falando de um ser vivo, da natureza.
  • Fotos pessoais de bíquini ou sunga numa praia linda, ou com o novo namorado, podem expor a sua vida pessoal e dar direito aos seus colegas de participarem dela, fazendo comentários deselegantes e indiscretos. Se gosta de expor fotos de filhos, namorados ou marido sugerimos que, caso você trabalhe recebendo clientes externos, melhor deixar as fotos dentro de uma gaveta, quando der saudades você dá uma olhada; caso trabalhe recebendo apenas clientes internos, coloque apenas um porta-retrato. É o bastante.
  • Mulheres, cuidado com maquiagens, necessaire, produtos de higiene, esmaltes, lixas de unha, bijuterias, expostas na mesa. Reserve uma gaveta para colocar suas coisas pessoais. Não confunda seu quarto com sua estação de trabalho.
  • “Quem trabalha o dia todo numa empresa gosta de personalizar seu espaço. Isso colabora para o bem-estar do funcionário. Porém esta personalização, com critério, pode deixar o local agradável, sem revelar informações desnecessárias a respeito da intimidade, vida pessoal ou preferências de seu dono”, esclarece Renata.

    Por exemplo, “se você é do tipo que gosta de bichinhos, plantas e de fotos, atenção, utilizar esses objetos de forma inadequada pode expor detalhes da vida pessoal, sem você perceber. Isso não é bom no ambiente profissional. Alguma discrição é bem vinda. Além do mais, elegância também é perceptível no visual, não apenas em atitudes”, afirma.

    Por Karina Conde

    Comente