Marmita chic e saudável

Marmita chic e saudável

Marmita de Juliana Paes. Foto reprodução Twitter/Juliana Paes

Quem pensa que marmita é só coisa de operários está enganado. Além de ser a opção de muitos trabalhadores anônimos, ela também é moda entre as artistas da televisão que admitiram levar a comidinha feita em casa para suas gravações, como Christiane Torloni, Juliana Paes, Angélica e Claudia Raia.

Por isso, a moda das "marmitas chic" está ganhando cada vez mais espaço na bolsa e no bolso das mulheres urbanas que precisam economizar tempo e dinheiro.

A marmita é uma forma muito prática de buscar uma alimentação condizente, seguindo as orientações de um nutricionista. Nela carregamos itens que conhecemos a origem e a forma de preparo, para assim evitar o consumo de alimentos caros e muitas vezes não higiênicos encontrados nas ruas, que podem ser baratos, mas não saudáveis.

Para saber como montar a sua marmita ideal, o nutricionista André Pellegrini, que trabalha no Centro de Bem-Estar Levitas explica que ela tem que ser quente e fria: "na fria terá saladas (folhas e legumes servidos frios) e na quente deverá ter alimentos fontes dos principais nutrientes, como vegetais ricos em carboidratos (arroz, feijão e massas); proteínas (carnes brancas e vermelhas, ovos e queijos magros); e vegetais de menor teor de carboidrato (brócolis, couve-flor, ervilha, etc)". Ele ressalta que na marmita quente é interessante ter divisórias para não misturar os alimentos, principalmente os líquidos.

O nutricionista afirma que para ter uma dieta equilibrada é preciso dividir o prato em proporções: um terço para os vegetais ricos em carboidratos, um terço para as proteínas e um terço para os vegetais pobres em carboidratos. "E não encha a marmita de arroz e feijão, variedade e equilíbrio são os segredos de uma boa alimentação", declara.


Com relação à higiene, conservação e segurança das marmitas, uma dica é, sempre que preparada em casa, levá-la à geladeira imediatamente. Certifique-se que a vasilha da marmita foi bem lavada e ao prepará-la retorne rapidamente para refrigeração. "Se o trajeto entre sua casa e o trabalho for muito longo, mantenha a marmita a ser aquecida no freezer durante a noite, assim garantimos que até chegar ao trabalho estará ainda em uma temperatura segura", aconselha André.

Sobre os alimentos que aguentam mais tempo dentro da marmita, o nutricionista cita o arroz, a farofa, o macarrão e a batata. "Outros alimentos que suportam bem, mas que não recomendo, são os muito processados, como a linguiça, a salsicha e os nuggets", diz ele.

Por Maday Florencio (MBPress)

Comente