Maria e o mar: tow-in, stand up paddle e mais...

Maria e o mar towin stand up paddle e mais

Maria de Souza (foto Nicole Sanchez)

A recifense Maria de Souza, de 38 anos, tem uma relação intensa com o mar. Desde pequena, a imensidão das águas fez parte de sua vida. Incentivada pelas crenças de sua mãe, a surfista acreditava que quem mergulhava na água salgada não ficava doente e que os anjos do bem abençoavam o nascer do sol. Aos 18 anos decidiu correr atrás do sonho de surfar nas maiores ondas do mundo. Deixou o Brasil e foi direto para o Havaí, onde mora até hoje.

Ligada a natureza, Maria pratica ioga e faz parte de uma feliz parceria com a também surfista Andrea Moller, de 28 anos. As duas foram as primeiras mulheres surfar em ondas gigantes, em 2005, na modalidade tow-in. Esse tipo de surfe tem o apoio de um jet-ski, que transporta os atletas para as ondas com mais de 10 metros.

Hoje a dupla participa de uma nova modalidade que mistura surfe e canoagem havaiana. O Stand-up Paddle é basicamente uma prancha de 3,5 metros movida por um remo quase da altura do surfista, que fica de pé.

Maria de Souza

Maria de Souza (fotos Nicole Sanchez), a direita Maria de Souza e Andrea Moller (foto Buzy Kerbox)

Além de surfar, a recifense decidiu abrir uma escola de Stand-up Paddle, lá mesmo no Havaí. “Agora vim abrir algumas filiais no Brasil. Divulgo um método próprio de ensino e logo espero formar professores pra continuar meu trabalho”, explica. Segundo a atleta, o Stand-up Paddle é a modalidade mais acessível a todos os tipos de pessoa, independentemente do porte físico e do conhecimento sobre o mar. Nas praias do Brasil, a mulherada tem adotado a prática com entusiasmo!

Maria de Souza dá aula de Standup Paddle

Maria de Souza dá aula de Stand-up Paddle (foto Nicole Sanchez)

Maria foi casada com o surfista havaiano Laird Hamilton e com ele teve sua única filha, Bela, de 13 anos. Ela lembra com saudades do Brasil e afirma que sente muita saudade da terrinha. “Se Recife tivesse as ondas do Havaí, nunca teria saído de lá”, comenta.

Andrea Moller no jet ski puxa Maria de Souza

Andrea Moller no jet ski puxa Maria de Souza (foto Erick Aeder), a direita Maria de Souza surfando no Havaí (foto Nicole Sanchez)

De acordo com a esportista, a prioridade é filha Bela e sua felicidade. As duas mantêm alguns costumes brasileiros, como o almoço em família aos domingos, e são super amigas. Depois da menina, a segunda paixão da surfista é, obviamente, o mar.

leia também


Para cuidar da aparência, a surfista não se descuida da alimentação. Vegetariana, Maria só come peixe de vez em quando, de preferência cru. “Como quando tenho fome, vivo o mais natural e simples possível e quanto mais eu dou, sem esperar nada em troca, mais recebo das pessoas. Pensar positivo é meu alimento essencial e minha roupa preferida ainda é o sorriso”, conclui.

Por Talita Boros (MBPress)

Comente