Início de ano, melhor época para conseguir um emprego

Procurar emprego

As notícias de demissões por causa da crise mundial deixam muita gente preocupada na hora de buscar uma vaga no mercado de trabalho. Mesmo assim este mês, e o primeiro trimestre do ano, é o melhor período para procurar uma oportunidade.

"Apesar das especulações, até o momento não sentimos nenhum impacto da crise que se instalou em outros países. Continuamos com um alto número de vagas e currículos divulgados diariamente no site, como já é esperado em todo início de ano”, garante Camila Mariano, gerente de atendimento da Catho Online.

Alguns números comprovam a afirmação da gerente. Em relação a Janeiro do ano passado, houve um crescimento de 26% no número de anúncios. “A maioria das empresas sabe que vencer a crise requer cautela, mas também investimento. Com isso, os três primeiros meses do ano são essenciais para que elas se estruturem da melhor forma e alcancem as metas estabelecidas para o ano”, ressalta.

No ranking das vagas mais anunciadas no site, a área Comercial está em primeiro lugar. Mas há também uma boa oferta em Atendimento, Administrativa, Informática, Financeira, Educação, Saúde e Engenharia.

Seja qual for a sua área de atuação, a recomendação de Camila em tempos de crise é pensar da seguinte forma: “Onde há crise, há oportunidade. Empresas buscam profissionais criativos e dinâmicos que possam ter novas idéias e melhorar processos, trazendo soluções condizentes com a realidade da empresa”, aconselha.

Conforme a área profissional, cargo, perfil, e, principalmente, empenho, o tempo médio para voltar ao mercado é de seis meses, isso desde o início do envio dos currículos.

Dicas para quem está em busca de oportunidades:

  • Disponibilize tempo para a elaboração de um bom currículo
  • ;
  • Dedique-se ao envio diário de currículos (por meio de sites e jornais)
  • ;
  • Faça contato com amigos e parentes que possam conhecer uma empresa que tenha vagas em aberto ou ainda indicá-lo para uma vaga
  • ;
  • Mantenha-se atualizado e em constante aprendizado. O conhecimento é um importante aliado na empregabilidade do profissional.
  • Mais informações nas colunas de Leila Navarro:

    Você sabe se vender?Os profissionais do futuro

    Por Juliana Lopes

    Comente