Incube essa idéia!

  • Facebook
  • Pinterest
  • Twitter
  • Google+

[img=1]

Tem uma boa idéia e não sabe como colocá-la em prática? A incubadora de empresas do Sebrae pode ser uma alternativa para você desenvolver seus negócios.

Para se inscrever, basta entregar no Sebrae um plano de negócios demonstrando que o seu produto ou serviço é inovador e tem viabilidade comercial. Se aprovado o projeto será encaminhado à incubadora responsável por cada município e a entidade gestora do projeto.

Nesses casos, geralmente, a prefeitura cede um espaço físico para a instalação da empresa. Outras entidades gestoras como associações comerciais e universidades, cedem além do espaço físico, rede elétrica e linhas telefônicas, ou não. “Cada incubadora tem um perfil, pois não possuímos uma regra para o seu funcionamento”, explica Evelyn Cristina Astolpho, coordenadora do Programa de Incubadoras do Sebrae-SP.

“Após esse processo, um contrato será assinado e o incubado terá um período de 2 a 3 anos para desenvolver o seu projeto e se tornar uma empresa auto-sustentável”, afirma.

“Porém, o mais importante das incubadoras não são os espaços físicos cedidos, mas sim as informações e capacitações que oferecemos aos incubados, já que eles não precisam pagar os cursos e tem o mapa com caminho das pedras nas mãos. Muitos negócios ainda surgem de parcerias feitas entre as empresas incubadas, rendendo muitos negócios entre eles” ressalta Evelyn.

  • Facebook
  • Pinterest
  • Twitter
  • Google+

Comente

Assuntos relacionados: carreira empresa sebrae empreendedorismo