Identifique seus pontos fortes e fracos

Você já parou para pensar em quais são suas principais qualidades e defeitos? Fazer uma autoanálise pode ser mais difícil do que se imagina. Afinal, como identificar com um olhar clínico e crítico quem nós realmente somos?

No livro "Por que a gente é do jeito que a gente é?", o especialista em gestão de pessoas, negociação e vendas, Eduardo Ferraz, revela como o autoconhecimento pode ser uma ferramenta muito eficaz para a carreira a partir dos pontos fortes e os pontos fracos.

"É importante lembrar que seu passado ostra muito daquilo que você é e aponta tendências, já que sua personalidade tem uma base previsível. Todo indivíduo deixa um rastro, um estilo de ser. E este estilo (se nada for feito) tende a se repetir no futuro", relata no livro.

O autor enfatiza que os líderes empresariais deveriam gastar mais tempo contratando, treinando e avaliando as pessoas. "Esse tempo seria tremendamente útil na hora de promover ou demitir um funcionário, mas o principal ganho seria aumentar sua capacidade de aproveitar as pessoas no que elas tem de melhor e assim aumentar a produtividade e o lucro das empresas".


Além disso, ele aconselha que os pontos fortes sejam trabalhados. As aptidões devem ser desenvolvidas e aprimoradas. E é aí que mora o desafio. Aprimorar uma qualidade é realmente mais difícil do que apontar os pontos fracos e tentar mudar, não é mesmo?

Por Lívany Salles

Comente