Fofoca na hora do almoço faz você comer mais

Fofoca no almoço engorda

Não é raro que em empresas, grandes ou pequenas, os funcionários esperem o horário de almoço para conversar e comentar suas frustrações profissionais. Durante aquela uma hora fala-se mal do salário, do chefe, das tarefas, da promoção que não aconteceu etc. Mas será que este hábito combina com uma boa refeição? Acredite, a resposta é não!

A Dra. Andrezza Botelho, nutricionista funcional, diretora da Clínica que leva o seu nome e especialista em nutrição inteligente, afirma que este hábito é comum, muito mais do que imaginamos, e que não faz nada bem à saúde, pois nesse momento ficamos estressadas e, conseqüentemente, buscamos mais alimentos para controlar isso, além de mastigá-los mais rápido.

Para que o estresse não interfira na sua alimentação, seja na hora do almoço ou durante o expediente, a nutricionista dá algumas boas dicas. O mais importante é hidratar o corpo, principalmente no período da manhã. "O corpo desidratado reage negativamente ao estresse", esclarece Dra. Andrezza Botelho. A respiração também é parte importante no processo. Inspire profundamente, isso ajuda a oxigenar o cérebro. "Não se esqueça de fazer o seu lanchinho de manhã. Uma fruta já está valendo", lembra a especialista.

Por falar em lanchinho, saiba que há alimentos que ajudam a controlar o estresse. Opte por frutas e verduras ricas em fibras, isto melhora o funcionamento intestinal. "No intestino é sintetizado a maior parte da serotonina, neurotransmissor responsável pela sensação de bem-estar, melhora do humor e do sono", explica a nutricionista. Alimentos como abacate, banana, leites fermentados, chá de valeriana, maracujá, camomila e erva cidreira são ricos em triptofano, que também ajuda a formar serotonina.

Por outro lado, há aqueles alimentos que aumentam o estresse, prejudicando a nossa saúde. Os principais são: carne vermelha, sal e chocolate em excesso, doces em geral, chá preto, café em demasia, bebida alcoólica, fritura e gordura trans. "Estes alimentos são prejudiciais por aumentarem a produção de adrenalina e esgotarem as glândulas adrenais, responsáveis por lidar com o estresse", afirma Dra. Andrezza Botelho.


Por isso, quando for almoçar fora faça boas escolhas. A nutricionista tem algumas dicas: "Coma muita salada, preferencialmente colorida, com um fio de azeite. Opte por uma fonte de carboidrato e uma de proteína. Evite os molhos cremosos, frituras e misture as opções de carnes e carboidratos. Além disso, passe longe das sobremesas cremosas". E claro, da fofoquinha de última hora!

Por Bianca de Souza (MBPress)

Comente