Fabricação de joias em casa

  • Facebook
  • Pinterest
  • Twitter
  • Google+

Por diversos motivos, trabalhar em casa sempre foi uma boa opção de renda extra. Só para citar algumas facilidades, o fato de não precisar se locomover e nem comer fora já significa economia de dinheiro e de tempo.

A funcionária pública Luciana Vaz encontrou na fabricação de semijoias e biojoias uma atividade que pode fazer sem sair de casa enquanto está de licença-médica. Com a facilidade da tecnologia, ela encontra os materiais em sites especializados do mundo inteiro.

Ela conta que aproveitou a popularidade de um blog para montar a loja virtual Biboca Chic. Como toda empreendedora, diz que começar um negócio exige muita dedicação. "Não acho difícil, mas, devo reconhecer que é bastante trabalhoso. É uma atividade muito interessante, porém, requer paciência. Eu gosto de criar e percebo que aos poucos estou melhorando as minhas habilidades em termos de montagem".

Para iniciar o projeto, foi atrás de muita informação, essencial para qualquer projeto. "Busquei muita leitura em sites como o do Sebrae e outros, inclusive, cursos rápidos online de temas pertinentes ao negócio que estou empreendendo". Conhecer o mercado foi fundamental para a escolha dos materiais. "Eu optei por usar material antialérgico, livre de níquel, pedras naturais, alguns tipos de sementes, muranos e cristais importados, o que elevou um pouco o custo com material. Mas tomei essa decisão convicta".

Quando o assunto é investimento, Luciana mostra que não é preciso muito, o essencial ficou no empenho e nas horas de cuidado e atenção. "Eu investi até agora aproximadamente R$ 1.400,00. Isso levando em conta a compra de uma câmera digital, material didático para aprender algumas montagens, mensalidades da loja virtual (paguei um semestre para ter desconto), material para a montagem das peças que estou comercializando (no atacado e à vista para ter desconto), embalagens, tinta de impressora".

Luciana é prova de que força de vontade e um mínimo de investimento podem render bons negócios.

Por Lívany Salles

  • Facebook
  • Pinterest
  • Twitter
  • Google+

Comente

Assuntos relacionados: trabalho empreendedorismo semijoias