Existe vida fora da empresa?

Existe vida fora da empresa

Trabalhar muito e ser viciado em trabalho são coisas completamente diferentes. Assim como trabalhar para viver e viver para trabalhar. Para não confundir, é preciso saber delimitar o que é trabalho e o que está além dele. Se fora da empresa, o profissional não tiver outras atividades, sinal de que é hora de parar e avaliar o que está errado.

Em artigo, o diretor de Recursos Humanos da Volvo do Brasil, Antonio Carlos Morassutti, argumenta: "há muita gente dizendo que não saberia viver sem o trabalho, mas na verdade é porque não desenvolveu outras áreas de interesse ao longo da vida ou precisa continuar trabalhando por não ter alcançado a sua independência financeira".

Ainda segundo ele, muitas vezes falta um plano de vida bem elaborado, uma meta a ser cumprida ou um sonho a ser realizado. Até um certo ponto, a falta de tempo decorrente das longas jornadas de trabalho é uma justificativa. "Mas não podemos esquecer também que há muita gente utilizando as empresas como esconderijo, como zona de conforto, para não enfrentar suas questões pessoais, pois lidar com elas pode ser difícil e requer uma abordagem diferente daquela utilizada no âmbito profissional", enfatiza.

E fica um conselho: "Portanto, viva a vida (quer seja agora ou na aposentadoria) e caminhe firme em direção à linha de chegada, mas não deixe jamais de apreciar também o percurso", conclui.

Por Lívany Salles

Comente

Assuntos relacionados: carreira vida empresa trabalho sonho profissional