Empresas de olho nos perfis em redes sociais

Antes de entregar o currículo em uma empresa, observe o seu perfil nas redes sociais. Afinal, hoje, podemos dizer que a imagem transmitida nos meios de interação social é praticamente um segundo currículo que será observado pela maioria dos recrutadores. É o que demonstrou a Pesquisa Internacional de Mercado de Trabalho.

Segundo o levantamento, 44% dos brasileiros entrevistados afirmaram que aspectos negativos encontrados em redes como Facebook e Twitter seriam suficientes para desclassificar um candidato no processo de seleção. Somente 17% disseram que não se deixam influenciar pelas redes sociais, enquanto os 39% restantes declararam que fariam uma entrevista antes de tomar a decisão final.

A rede LinkedIn foi apontada pelos executivos como meio de constatar a veracidade das informações apresentadas no documento. Isso é feito frequentemente por 46% deles, enquanto 43% verificam apenas com os candidatos que já foram entrevistados. As questões que mais desclassificam candidatos estão relacionadas a discriminação.

Por Lívany Salles

Comente