Eles ganham 24,1% a mais do que elas

Pesquisa mercado de trabalho mulheres e escolarida

As grandes empresas concentram o maior número de graduados e eles ganham o maior salário. As mulheres continuam ganhando menos do que os homens. Constatações divulgadas essa semana pelo IBGE (Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística) com base em dados de 2009 do Cadastro Central de Empresas (Cempre).

Entre homens e mulheres, os dados revelaram que eles ganham 24,1% a mais do que elas e são maioria no mercado de trabalho, com 58,1% do total. O estudo mapeou o perfil dos funcionários das 4,8 milhões de empresas e organizações integrantes do CEMPRE em relação ao gênero e ao nível de escolaridade.

Quando ao segundo item, dos 40,2 milhões de trabalhadores assalariados existentes no Brasil, 33,6 milhões não tinham faculdade. Porém, em média, o salário de quem completou o curso superior era 225% maior em comparação a quem não fez faculdade. A maior parte deles encontra-se em grandes empresas, que concentram em torno de 57,7% de funcionários graduados.

Outro dado divulgado pelo órgão é que o índice de desemprego é de 6,4%, o que representa 1,5 milhão de pessoas.

Região e setor

Ainda de acordo com a pesquisa, 63,8% dos graduados estão na região Sudeste. O Estado de São Paulo abriga 40,9%, seguido do Rio de Janeiro (12,3%), Minas Gerais e Paraná com 8,9% e 6,4% , respectivamente. Já os setores que mais empregam profissionais com curso superior são: indústria de transformação (20,4%), atividades financeiras (15,3%) e comércio (13,1%).

Por Lívany Salles

Comente