Dabbawalas: exemplo indiano de logística e gestão!

Em um país como a Índia, com altas taxas de pobreza, surge um novo fenômeno da logística, já reconhecido em todo mundo. São os dabbawalas (palavra hindu que vem do conceito de caixa-transportadora), formado por um batalhão de cinco mil homens que entregam refeições em Bombaim, na Índia. Com apenas bicicletas, carrinhos de mão e caixas de madeira, eles conseguem driblar o trânsito caótico e entregar as refeições na área comercial da cidade, tudo no horário marcado.

A revista Forbes já reconheceu a engenhosa forma de fazer as entregas. Conforme um artigo da publicação The Economist, o segredo está no sistema feito por códigos, composto de cores e letras. Esse é compreendido pela maioria dos funcionários, na maioria analfabetos e que chegam a ganhar 120 dólares por mês.

Conforme o site da empresa, o organograma é dividido por três níveis hierárquicos. As marmitas passam por estações de trem para chegar até a área comercial, e são transportadas por bicicletas até o destino final. Para se ter uma idéia, as refeições chegam a trocar de mãos até quatro vezes durante o percurso. Os índices de falha são praticamente zero. Ocorre um erro a cada 16 milhões de entregas dos dabbawalas, conforme a revista The Economist.

Por causa da sua eficiência, o sistema é até explicado em palestras por todo mundo. Na platéia, empresas como Coca-Cola, Siemens, além de alunos de Harvard e Michigan. Segundo o site da empresa, durante as apresentações, os espectadores conhecem a gestão dos dabbawalas, lições de motivação que eles usam no dia-a-dia, além de auxiliar empresas em situações de greve. Idéia e modelo de empreendedorismo digno de ser comentado aqui no Vila Mulher.

Veja também:

Aulas de Empreendedorismo

Por Juliana Lopes

Comente