Currículo 3.0

Currículo 30

Você já ouviu falar em currículo 3.0? Essa novidade tem tudo para virar moda, especialmente por acompanhar tendências do mundo moderno. É que o novo tipo de cartão de visitas do profissional combina as informações básicas - como nome, experiências, objetivos, etc. - e conteúdos característicos da internet, como infográficos e até vídeos.

Segundo Jorge Martins, gerente de Marketing e Vendas da Robert Half, nesse modelo de currículo "a informação traz um novo padrão de apresentação, com o nome do profissional, onde mora, se é casado, solteiro, por onde passou, etc. E é mais simplificado por ser mais visual, e inspira muito do que o profissional conseguiu alcançar."

Ainda que o currículo no formato 3.0 seja recomendável para pessoas da área de criação - comunicação e mercado publicitário -, qualquer profissional pode experimentar criar o seu. O cuidado é na hora de enviar o arquivo às empresas de interesse, já que a maioria ainda se identifica com o modelo tradicional. Porém, em ambientes como a web, essa renovação pode trazer destaque ao candidato.

"Os principais benefícios desse tipo de currículo são exposição e informação, uma vez que várias pessoas podem ter acesso a ele, por exemplo em redes sociais como o LinkedIn", afirma o gerente de Marketing e Vendas da Robert Half.

A dica para construir um currículo 3.0 agradável é não exagerar muito em elementos como infográficos. "Por mais que sejam bonitos visualmente, ocupam muito espaço e perdem no conteúdo", alerta o especialista.


Ainda que seja um modelo criativo, o currículo deve vir da forma mais transparente e breve possível, completa Jorge. "No máximo duas páginas, sintetizando bastante os seus principais desafios e realizações, e depois relações com empresas."

Por Priscilla Nery e Bárbara Ariola (MBPress)

Comente

Assuntos relacionados: carreira sucesso currículo