Cuidado com o excesso de trabalho!

Excesso de Trabalho

Não há corpo que agüente o excesso de trabalho, principalmente as mulheres que encaram uma jornada dupla. Uma pesquisa realizada pela Agência de Saúde Pública de Barcelona, na Espanha, revelou que jornadas de trabalho maiores que 40 horas semanais podem acarretar problemas físicos e emocionais mais sérios do que nós imaginamos.

Entre as doenças, o estresse (que envolve dores de cabeça, insônia, gastrite, diarréia, queda de cabelo e alterações menstruais) é a mais comum. Os especialistas ainda citam outras, como, depressão, ansiedade e problemas cardíacos. A psicóloga Marcelly Pimentel acredita que o lado emocional da mulher é o mais abalado nestes casos. “O excesso de trabalho causa a falta de paciência com as pessoas mais próximas, como familiares e parceiros”.

Como as mulheres passam a maior parte do tempo realizando atividades profissionais, acabam deixando de lado outras tarefas que são essenciais para seu bem-estar, como a prática de exercícios e momentos de lazer.

Ambiente de trabalho inadequado, a insatisfação com o emprego, os baixos salários e as horas extras contribuem para o aumento de tais problemas. Conforme a psicóloga Ana Maria Cabrera constatou que a maioria delas não trabalha no que gosta ou está insatisfeita com o emprego. “Essas mulheres não têm objetivo de vida, algo pelo qual valha à pena lutar. Quando elas se conscientizam do problema e procuram o que gostam, as doenças tendem a desaparecer, dando espaço à alegria”, afirma ela.

Terapias Alternativas

Marcelly Pimentel aposta nas terapias alternativas para amenizar o problema, como a ioga e a meditação. A psicóloga ainda acrescenta que “a primeira coisa a fazer é reconhecer que está com dificuldade e depois procurar saídas, como terapia, algum exercício físico, algum hobby. Enfim, algo que goste e que a faça se sentir viva. Já as empresas podem colaborar proporcionando momentos de descanso durante o dia, oferecendo exercícios de relaxamento ou qualquer atividade que permita desviar a atenção da rotina do funcionário do trabalho. Algumas empresas em que dei consultoria colocaram música ambiente relaxante e intervalos a cada quatro horas para descontração”, conta a especialista.

Fonte - MBPress

Comente