Cresce número de demissões por justa causa

Rescisão do contrato de trabalho sem aviso prévio e sem direito a indenização trabalhista. Desta maneira, mais de 22 mil pessoas foram dispensadas na região metropolitana de São Paulo. De acordo com o Ministério do Trabalho e Emprego, o número representa um aumento de 35% neste trimestre de 2011, quando comparado a igual período do anos passado.

Uma das explicações seria o crescimento do mercado de trabalho nos últimos anos, que possibilitou a inserção de mais pessoas nesse mercado aquecido. E nesse cenário, há também maior rotatividade de profissionais.

Muitas empresas querem garantir na justiça o direito de demitir por justa causa. Hoje, toleram menos os erros e um deslize mais grave pode não ter segunda chance. Desses casos que vão parar na justiça, a maioria acaba em acordo, mesmo quando provada a justa causa.


Por Lívany Salles

Comente