Como lidar com as incertezas nos negócios

  • Facebook
  • Pinterest
  • Twitter
  • Google+
Incertezas nos negócios

Foto: Drew Myers/Corbis

Em tempos de sinais preocupantes, desconfiança crescente e incertezas nos negócios, muita energia é dedicada ao exercício das previsões. Em meio a isso e diante da impossibilidade de prever os próximos acontecimentos com precisão, acabamos por mergulhar, via de regra, em um mar de preocupações e receios.

Até aí, tudo natural e até saudável. Afinal de contas é justamente o temor, o sentimento que mais relação direta estabelece com o senso de sobrevivência. Como afirma Luis Stuhlberger, um dos mais bem sucedidos financistas nacionais:

"Acho que meu negócio dá certo porque sou o gestor mais covarde que existe. Morro de medo de perder o dinheiro dos outros. E o meu também."

E diante dessa frase não podemos esquecer que excesso de preocupação e receio toma tempo, energia e, eventualmente, o seu dinheiro. Não advogo pelo otimismo sem sentido, mas um certo equilíbrio realista faz muito bem, e nesse momento precisamos aprender a controlar os nervos.

Por isso listamos algumas práticas úteis para quem é empreendedor e não tem tempo para se afundar em lamúrias e conjecturas, mas que também não pode baixar a guarda.

Vamos lá:

1. Uma vez que é praticamente impossível prever o futuro com precisão, em tempos complicados atualize o seu plano de negócios, majorando as dificuldades e os números que empurram o negócio para baixo, assumindo em seguida um certo conservadorismo com a geração de receita e eventuais ganhos de eficiência já programados;

2. Fique atenta ao noticiário, com foco em veículos sérios e análises ponderadas, sem abrir mão do seu próprio senso crítico. Absorva as informações desconfiando tanto de otimistas quando dos pessimistas;

3. Na dúvida (e sempre, por favor) controle os custos correntes. Aqueles que em dia de chuva ou de sol estão sempre se apresentando;

4. Controle a execução operacional com atenção. É esta a melhor forma de proteger o seu investimento, independentemente do cenário ao redor;

5. Mantenha a ofensiva comercial. Antes de tudo, aconteça o que acontecer você precisa se manter em operação;


6. Aproveite o momento para criar ainda mais coesão e sentido de propósito com sua equipe. Nada como um inimigo comum para trazer união à nossa espécie;

7. Tente não deixar projetos e investimentos estruturantes de lado. Sua empresa será cobrada por isso quando a maré de incertezas passar;

8. Seja disciplinada e apoie o cultivo deste comportamento.

9. Seja consciente de que empreender passa por enfrentar incertezas constantemente. Trate de encarar isso como uma simples rotina.

Boa sorte, não perca o sono, e siga em frente.

Gustavo Chierighini, fundador da Plataforma Brasil Editorial, empresa que atua como uma agência independente na produção de conteúdo e informação.
  • Facebook
  • Pinterest
  • Twitter
  • Google+

Comente