Como escrever bem e ser entendido?

Como escrever bem e ser entendido

Escrever é um ato relativamente simples, aprendido pela maioria das pessoas na infância, quase natural do ser humano. Mas, mesmo sabendo escrever, unir letras em palavras e palavras em frases, nem sempre é fácil se expressar corretamente usando a linguagem escrita. E o resultado da mensagem pode ficar longe daquele que você gostaria de passar.

Pesando nisso o jornalista Joaquim Maria Botelho escreveu o livro "Redação empresarial sem mistérios - Como escrever textos para realizar suas metas" (Editora Gente). A ideia é exatamente ajudar o bom profissional a encontrar as palavras certas para cada ocasião, sem correr o risco de ser mal interpretado.

Joaquim afirma que as palavras são as ferramentas que temos para expressar pensamento e, se elas não forem bem articuladas, o desastre é quase certo. "Se a articulação não é bem feita, não conseguimos dizer exatamente o que pensamos, a pessoa com quem falamos entende outra coisa e aí começam os conflitos".

Escrever corretamente não só ajuda na hora de se comunicar, como facilita muitos contatos no mundo profissional, tanto por e-mails quanto ao apresentar palestras e escrever estudos. Além disso, funcionários que não sabem se comunicar através da escrita dificilmente conseguirão uma carreira promissora. "As empresas observam com muito bons olhos as pessoas que se comunicam com propriedade e correção", diz o autor.

"Comunicação correta é premissa básica para o funcionamento de qualquer instituição ou organismo social. Hoje se procuram pessoas que saibam dizer adequadamente o que querem, o que fazem e o que pretendem. Quando fazemos um pedido, queremos receber um resultado que nos satisfaça. Se o pedido não é bem feito, o resultado não será o que esperamos", completa o também presidente da União Brasileira de Escritores.

Joaquim conta que a clareza é imprescindível em bom texto. De nada adianta utilizar palavras lindas e difíceis, se elas dificultam na hora da leitura. O melhor mesmo é optar pela boa e velha simplicidade. "Não exagere na comunicação, tentando ‘enfeitar’ o seu texto. Seja simples. A estrutura básica da língua é esta: sujeito, verbo e predicado. Receita infalível para a boa comunicação", argumenta.

As dicas que o autor deixa são bem fáceis e diretas, sem lenga-lenga e, com certeza, ajudarão na hora de escrever aquele e-mail para o chefe, ou mesmo algo importante para um cliente. Anote e escreva melhor:

- Respeite o tempo do seu interlocutor. Seja objetivo e breve. Não incomode as pessoas com textos longos e discursivos. Diga objetivamente o que precisa ser dito. E pingue um ponto final.

- Respeite a gramática e a ortografia. Erros fazem com que o leitor perca interesse na mensagem.

- Respeite as convenções. Há formas corretas de grafar horas, por exemplo: 8h (em minúscula, sem ponto, sem plural). Escrever 8:00 ou 8hrs é errado. Quando tratar de metros, escreva 100m (em minúscula, sem ponto e sem plural). 100ms ou 10mt é erro feio.


- Respeite a inteligência do seu leitor. Cada mensagem tem começo, meio e fim. Em sequência lógica, sem enrolação.

Por Tissiane Vicentin (MBPress)

Comente

Assuntos relacionados: carreira sucesso ler trabalho leitura email escrita