Como conquistar o apoio familiar ao seu empreendimento

Como conquistar o apoio familiar ao seu empreendim

Foto: Dreamstime

A decisão está tomada. Nos próximos tempos você largará o seu "estável" emprego, abandonará os direitos trabalhistas que de uma forma ou de outra traziam um certo conforto e finalmente se livrará da batuta da sua chefe.

A partir disto você comandará o processo, pagando as contas com os resultados do seu novo empreendimento, ou com as economias que restaram para essa fase preliminar. Mas uma coisa é certa, você precisará de apoio e estímulo. A existência dele trará um grande impacto positivo. A falta pode significar o naufrágio da sua empreitada.

O segredo é agir preventivamente. Vamos lá:

1. Prepare o terreno atuando com antecedência. Prepare seu cônjuge e filhos para o projeto que pretende colocar de pé. Converse amplamente sobre as dificuldades inerentes, mas deixe claro quais são as vantagens que a liberdade pode trazer. Esteja preparada para escutar apreensões e encarar dúvidas e inseguranças.

2. Faça economia. Avalie o seu custeio mensal e tente entender se de fato vocês vivem dentro de uma realidade economicamente sustentável. Ou seja, que permita mensalmente separar parte dos recursos para a construção de uma reserva financeira. Caso tenha passivos significativos, tente liquidá-los o mais rapidamente possível.

3. Instaure gradualmente uma cultura empreendedora empresarial no seu lar. Onde ter liquidez é mais importante do que eventuais aparências mantidas dispendiosamente e onde o construir algo sólido, duradouro e próprio supera os mais embriagantes sonhos de status corporativo.

4. Trabalhe com valores. Fortaleça o sentido e a importância da construção de um legado para a própria existência. Algo maior e mais nobre do que as futilidades e banalidades do consumo pelo consumo.

5. Mostre claramente que você tem um plano. Nele seja detalhista e conservadora, tentando se precaver a um conjunto razoável de imprevistos e obstáculos.

6. Atue de forma gradual e sem solavancos, permitindo que a qualquer momento o plano possa ser abortado para ser colocado em prática em um momento futuro mais oportuno. Avance na medida que vai conquistando o apoio de todos para a nova fase de vida.

7. Conquiste a cumplicidade de todos em torno da sua ideia e peça segredo.

8. Caso tenha de abortar o projeto, mantenha o plano vivo e atualizado, sem se descuidar dos valores que defendeu diante da sua família nessa fase preliminar. Dessa consciência nascerá o contexto e o clima para o assunto ser retomado no futuro.


9. Caso tenha conquistado o apoio prepare a todos para uma longa jornada.

10. Tenha paciência e perseverança.

Boa sorte!

Gustavo Chierighini, fundador da Plataforma Brasil Editorial, empresa que atua como uma agência independente na produção de conteúdo e informação.

Comente