Certo e errado na entrevista de emprego

entrevista emprego

Prestar atenção na sua linguagem corporal ajuda, e muito, a você garantir uma vaga. Mais do que palavras, os gestos ou sinais transmitem nossos sentimentos e sensações durante a conversa. E um bom entrevistador sempre está atento a tudo isso.

O rosto é o nosso cartão de visitas. Sendo assim é válido um sorriso para transmitir a idéia de receptividade. Nada como o famoso “olho no olho”. Na maioria das vezes, a falta do contato visual dá a impressão que a outra pessoa não tem importância. O mesmo vale para sua cabeça. Inclinada para trás indica que já ouviu o bastante. E para frente é um pedido para contar mais sobre o assunto. Uma pastilha de hortelã é uma boa pedida nesse momento.

Claro que não existe uma regra certa de postura corporal enquanto você conversa. Alguns itens básicos são apropriados, tais como:

BRAÇOS

Certo: Coloque lateralmente. Você parecerá confiante e relaxado. Se de início isto for pesado para você, faça o que sempre faz quando quer chegar a algo melhor: pratique. Depois de um tempo será natural.

Errado: Cruzados ou dobrados sobre o tórax dizem que você se fechou para as outras pessoas e não tem nenhum interesse no que estão dizendo.

MÃOS

Certo: Quando você lida com pessoas suas mãos precisam ser vistas.

Errado: Dentro bolsos, escondida sob a mesa ou às suas costas.

PERNAS

Certo: As posições preferidas para o profissional polido são os pés apoiados no chão ou pernas cruzadas nos tornozelos.

Errado: Muito movimento indica nervosismo. Como e onde você as cruza conta para os outros como você se sente.

Por Juliana Lopes

Comente