Carreira: tecnologia em eventos

Com grandes acontecimentos marcados para acontecer no Brasil nos próximos anos (como a Copa do Mundo em 2014 e as Olimpíadas em 2016), não é difícil de imaginar que uma das áreas mais favorecidas com esse cenário é a de eventos.

A função deste profissional é bem ampla, podendo atuar na execução de eventos governamentais e empresariais, festas e feiras abertas ao público e eventos sociais, a fim de posicionar e promover o governo ou as empresas diante de seus públicos.

Segundo uma pesquisa da FBC&VB (Federação Brasileira de Convention & Visitors Bureau)/ Sebrae/ CTI, são realizados cerca de 320 mil eventos por ano, empregando diretamente mais de 175 mil profissionais, além de 550 mil empregos indiretos. Porém, ainda assim, falta mão-de-obra especializada.

Ainda de acordo com a pesquisa, as empresas desse ramo carecem de planejadores, organizadores e dos que fazem o trabalho de pós-evento. São eles os responsáveis por criar e produzir, captar recursos por meio de incentivos e patrocínios, coordenar projetos corporativos, promocionais e ações do terceiro setor, além de gerenciar espaços e equipes.

E para suprir a demanda de profissionais, já tem faculdade oferecendo curso superior na área. A Universidade Anhembi Morumbi tem o curso de Tecnologia em Eventos com duração de 2 anos.

Por Lívany Salles

Comente