Carreira: animação e artes digitais

Carreira animação e artes digitais

Foto: divulgação/ Cartaz filme Rio

Um espetáculo visual que retrata detalhadamente os principais cartões postais do Rio de Janeiro como o Cristo Redentor, o Pão de Açúcar e, claro, as praias. O carnaval reproduzido de forma tão bela. Uma reconstrução primorosa inserida em uma trama envolvente, com humor, suspense e romance. Assim é o longa animado Rio, assinado pelo brasileiro Carlos Saldanha.

Para se ter uma ideia, a animação faturou R$ 87 milhões com o lançamento em 72 países. Aqui no Brasil, R$ 13 milhões na primeira semana de exibição. Outro filme em cartaz é o Brasil Animado, em 3D, dirigido por Mariana Caltabiano.

Como podemos perceber, com o mercado aquecido, muitos brasileiros vem se destacando e buscando o reconhecimento na área de animação, que requer muita criatividade e talento.


"O envolvimento em importantes produções da área é um dos fatores que tem chamado a atenção de talentos interessados em se profissionalizar", explica Carlos Poletini, da artAcademia, escola brasileira de Animação e Artes Digitais. Carlos ressalta que, além do cinema, as áreas de educação, games, publicidade, tv e web também são setores que demandam mão-de-obra qualificada.

Por Lívany Salles

Comente