BlackBerry - o impacto na vida profissional e pessoal

Foto Divulgação

O BlackBerry está alterando o ponto de equilíbrio entre a vida profissional e a particular. O ponto chave do BlackBerry é a capacidade de converter tempo ocioso em tempo produtivo, além de possibilitar total mobilidade do usuário. Continuar tarefas fora do escritório - seja no carro, no supermercado, na rua, etc. - faz a diferença entre o Black e um celular comum.

Para as empresas isso é perfeito, não é mesmo? Mas e para o profissional? Será que essa facilidade toda não tem um “outro lado” maléfico que é a mistura da vida pessoal com a profissional, dificultando ainda mais a separação entre o momento de trabalho e o descanso.

Para bem e para o mal, o fato é que há vantagens e desvantagens há se pesar na balança. Executivos dirão que o aparelho chegou para libertar as pessoas de suas casas e empresas. Afinal, hoje, não há mais necessidade de ficar preso em escritórios, ou até mesmo em casa, esperando por uma resposta via e-mail, ou para procurar informações na Internet.

No entanto, há quem considere aspectos duvidosos no exagero. Márcia Murata, gerente de planejamento e negócios da Navita, empresa de soluções tecnológicas, apesar de amar o seu Blackberry e não viver sem ele, pondera algumas questões. “É uma ferramenta de trabalho que realmente invade a sua vida, mas é preciso ter cuidado, a linha que limita o uso na vida profissional e pessoal é bem tênue”, diz ela.

Atualmente, a Rim, fabricante do BlackBerry, possui mais de 14 milhões de assinantes em todo o mundo. Executivos podem viajar a trabalho e continuar por dentro do que está acontecendo na empresa no período de ausência. Um tomador de decisão poder se desligar da empresa fisicamente sem deixar de responder por ela e a ela. Opa! Mas calma lá. Trabalha-se mais então ? E se não houver consciência do profissional e da empresa, trabalha-se o tempo todo e em qualquer lugar?

Márcia, que usa o BlackBerry há um ano, conta: “Nunca esteve tão fácil de estar perto do trabalho e, ao mesmo tempo, de se livrar dele”

Uma pesquisa realizada pela Ipsos Reid, em 2007, indica que os profissionais ganham até uma hora a mais de produtividade por dia com a utilização do aparelho. A mesma pesquisa aponta que 96% dos profissionais entrevistados concordam que a utilização do BlackBerry permite o aumento de produtividade e eficiência do fluxo de trabalho.

Tecnologia para facilitar a vida é sempre bem-vinda, mas produtividade a qualquer custo tem seu preço. Estresse, saúde e vida particular prejudicada são só alguns dos malefícios da falta de medida deste “maravilhoso” aparelinho! “O segredo para usar de um jeito saudável é o bom gerenciamento pessoal”, revela Márcia Murata.

Por Karina Conde

Comente