Reconstrução capilar: recupere os fios!

reconstrução capilar

Bruna Marquezine já fez reconstrução capilar - foto reprodução: Rede Globo

Seus cabelos estão opacos, ressecados, sem vida? Talvez essa seja a hora de apostar na reconstrução capilar. A técnica consiste em depositar ativos nos fios que renovam a estrutura física dos cabelos. São proteínas, aminoácidos e minerais que tratam as camadas externas dos fios e são responsáveis pelo brilho, maciez e pelo balanço natural das madeixas. Também há uma maior facilidade em pentear os fios, tanto em cabelos úmidos quanto secos.

O processo não é só indicado para cabelos que sofreram com processos químicos, mas todos os tipos de cabelo, inclusive os virgens, desde que estejam maltratados. Se o fio sofreu de fricção ou estiramento causado pelo penteado diário, se muito exposto ao calor excessivo, ao vento e aos raios solares, se passou por permanentes, colorações e diversos alisamentos, sim seu cabelo pede uma reconstrução imediata.

Antes o seu cabelo será avaliado pelo profissional que fizer a reconstrução, para ver qual o tipo de desgaste ou problema que os eles tem; se são muito embaraçados, fracos, ásperos, com muito frizz, quebradiços... Cada tipo de cabelo é que vai determinar a restauração com os produtos adequados, a quantidade de aplicações e o intervalo de tempo necessário entre elas.

Os resultados da reconstrução podem ser vistos logo nas primeiras sessões. Os fios já mostram sinais de recuperação na textura, ficam mais fortes e resistentes. Mas para que o resultado seja completo e para garantir a durabilidade do tratamento realizado no salão, é necessário fazer a manutenção em casa com produtos que sejam da mesma linha dos utilizados na reconstrução. Dessa forma os ativos reconstrutores permanecem nos fios e prolongam os benefícios da reconstrução capilar.

Vale lembrar que o procedimento não tem a função de alisar, o foco é tratar os cabelos para torná-los mais saudáveis, e consequentemente, mais bonitos.


Por Jessica Moraes

Comente