Quero ser loira!

Quero ser loira

Foto: Philipp Nemenz/cultura/Corbis

Há quem diga que mulher não envelhece e sim fica loira. Você já deve ter ouvido essa frase por aí. É fato que muitas desejam ter as madeixas claras e fazem de tudo para mudar o visual.

Quem nasceu com a cabeleira escura e tem esse sonho, muita calma nessa hora. Radicalizar de uma hora para outra pode ser um caminho sem volta. Aí, só um belo corte para literalmente cortar o mal pela raiz.

E como o cabelo loiro requer mais cuidados que outros tons, nós pesquisamos e encontramos os erros mais comuns cometidos pelas mais ansiosas. Tá curiosa? Então acompanha a lista abaixo:

1) Tentar fazer o procedimento em casa ou com uma amiga.

Quem nunca tentou descolorir o cabelo sozinha, em casa, ou convidou uma amiga para ser cúmplice do ato? As que arriscam nessa empreitada pensam apenas na economia do salão e se esquecem que o resultado, quase sempre, não é aquilo que ela esperava. E só depois do erro evidente, resta procurar ajuda especializada. Por isso, cuidado meninas!

2) Querer um tom que não combina com seu estilo ou tom de pele.

A escolha de tons indesejados ou que não combinam com o perfil ou com o tom de pele são sempre um transtorno. É bom ser decidida e saber exatamente o que você quer. Ficou na dúvida mesmo assim? Busque uma segunda opinião. Se for de um profissional, melhor ainda.

3) Acordar decidida a ser loira.

Sim, tem gente que levanta de manhã decidida a ser a Xuxa. Calma, garotas. É preciso cuidado na hora de mudar o tom do cabelo, mais ainda se essa mudança for radical. Por isso é importante a opinião de um profissional experiente antes de clarear os fios ou mesmo fazer mechas mais claras nos cabelos. E vale a dica de sempre ser atendida por seu cabeleireiro de confiança.

4) Retocar o loiro com mais frequência do que o necessário.

O cabelo loiro requer mais atenção do que outros tons. No entanto, não adianta querer retocar a raiz toda semana. Os entendidos no assunto sugerem que ela seja mensal ou a cada 40 dias, dependendo do crescimento do cabelo.

5) Não hidratá-lo nem usar protetor solar capilar.

Ignorar os cuidados no verão não dá. Só quando a estação chega ao fim é que as loiras param para avaliar os estragos causados pelo cloro da piscina ou água do mar e correm para o cabeleireiro reparar os excessos da temporada. Por isso lembre-se: hidrate seus fios o ano todo!


Por Natália Farah

Comente