Óleos para cabelos - lançamentos da Hair Brasil

Óleos para cabelos  lançamentos da Hair Brasil

Os tratamentos capilares à base de óleos são os novos queridinhos no mundo dos cosméticos, principalmente entre os produtos para os cabelos. Prova disso foi a febre do óleo de Argan da Moroccanoil que invadiu as prateleiras e, hoje, possui concorrentes de outras marcas que apostam no produto tanto em forma de óleo ou as incluem em suas fórmulas. No entanto, os benefícios capilares não precisam vir de tão longe igual como o fruto marroquino. Pelo menos é o que aposta a Cadiveu que lança o óleo para tratar as madeixas com o brasileiríssimo açaí, enquanto a Inoar aposta na Macadâmia, fruto originalmente encontrado na Austrália.

O bom da concorrência é que as marcas democratizam o uso dos óleos nos cabelos, uma vez que todos os tipos de fios têm suas necessidades atendidas. Até mesmo as mulheres que não abrem mão dos aparelhos térmicos já podem contar com a ajuda dos óleos essenciais. É isso mesmo que você leu, resistente ao calor. De acordo com a farmacêutica e especialista em cosmetologia, Natália Caranassios, óleo de açaí pode ser antes da escova, chapinha ou babyliss, já que possui ação termoativa e termoprotetora.

Ela ainda afirma que o óleo também pode ser adicionado a outros produtos para garantir resultados ainda mais eficazes. "O óleo de açaí pode ser adicionado a máscara de hidratação, em média colher de chá por porção usada para cabelos longos", explica a especialista completando que os profissionais também podem acrescentá-la junto aos tonalizantes, pois funcionam como emolientes, o que fixa mais a cor; ou antes de aplicar a coloração, isso garantirá que os fios não danifiquem após o processo químico", concluiu.

Já o óleo de macadâmia é um poderoso hidratante para os fios. Ideal para os cabelos ressecados e sem brilho, o óleo rico em vitamina E, lubrifica as madeixas e as mantém hidratada por muito mais tempo, uma vez que forma uma fina camada protetora que envolve os fios, oque as protege dos agentes agressores externos como, sol, chuva, vento, químicas e tinturas.

Por Paula Perdiz

Comente