O que fazer com os fiozinhos brancos?

O que fazer com os fiozinhos brancos

Foto: David Jakle/Image Source/Corbis

Não tem jeito. Cedo ou tarde, todo mundo um dia vai se olhar no espelho e notar que os fios dos cabelos estão esbranquecendo. E eles não são sinais de estresse. Acontece que na estrutura interna dos fios há células que lhes dão a cor natural, os melanócitos. Eles sofrem um processo de morte programada, chamada de apoptose, os famosos cabelos brancos.

Outro fator curioso que ocorre em situações de estresse está a queda dos cabelos. Os coloridos caem antes dos brancos e dão a falsa impressão de que eles estão embranquecendo.

Pelo menos 50% da população com mais de 50 anos já apresenta fios brancos no couro cabeludo, mas não existe uma faixa etária que determine o início do aparecimento da kanície, nome científico para os cabelos brancos. É normal que os primeiros fios brancos apareçam entre os 30 e 40 anos. Antes disso podem ter fatores genéticos como origem.

E nem os famosos escapam dos fios brancos. A duquesa Kate Middleton pinta os cabelos, mas de vez em quando um ou outro sai ileso. Há quem prefira e faça questão de assumir a cabeleira branca. Sinônimo de sabedoria e respeito em certas culturas, nos homens ele representa estilo e charme. As mulheres, mais resistentes, tem predileção por outros tons, luzes e reflexos.

Tratamentos diferentes para cada tom de cabelo

Para quem está passando por esse processo, Wesley Nóbrega, hair stylist do Studio W Higienópolis, indica tratamentos diferentes para cada tom de cabelo. "Em geral, os cabelos mais escuros são os que mais rápido mostram os fios brancos. Neste caso, recomendo fazer algumas luzes, principalmente na parte frontal para disfarçar. Já os mais claros, esses são mais fáceis, pois o contraste é menor", explica.

Nos loiros, além de coloração, dá para fazer mechas inversas, afirma o especialista. As ruivas podem optar pela henna, que deixa os cabelos brancos dourados. Já quem tem as madeixas mais escuras e não quer clarear ou fazer luzes, deve usar coloração próxima ao tom natural para neutralizar a cor.

Agora se a ideia é assumir a brancura na cabeça, atente-se aos cuidados. Quando o pigmento que dá a cor ao cabelo para de ser produzido é substituído por uma gotícula de ar. É justamente isso que faz os cabelos brancos serem mais espessos e porosos que os coloridos. Como as mulheres são mais adeptas aos processos químicos, a somatórias desses fatores, como fios brancos e químicas, resultam em ressecamento dos cabelos e a necessidade de hidratações frequentes.


Por natália Farah

Comente