Modelo perde cabelo e quer R$3 milhões de indenização

cabelo

fotos reprodução: arquivo pessoal

A modelo brasileira Myrella Ikeda perdeu boa parte dos cabelos devido a um tratamento capilar mal sucedido. Depois do procedimento Myrella entrou em depressão e agora quer indenizar em U$1,5milhão (cerca de R$3,3 milhões) o salão de beleza J. Sisters, super badalado em Nova York, que já atendeu clientes famosas como Cameron Diaz.

O salão foi criado por sete irmãs brasileiras de Vitória, no Espírito Santo. Uma das irmãs proprietárias, Jonice Padilla, alega que o cabeleireiro responsável pelo procedimento, Antônio Luis Rosa, foi demitido após o ocorrido. Em entrevista ao NY Daily News, Jocine afirmou estar disposta a fazer um acordo com Myrela, mas o valor proposto pela modelo, segundo ela, é absurdo. "Eu realmente sinto muito. Mas, US$ 1,5 milhão, não. Vamos ser realistas", disse.

A modelo foi convidada pelo J. Sisters através do cabeleireiro Julinho do Carmo, que a levou apenas para que cortassem a franja e não que realizassem procedimentos que envolvem produtos com química.

cabelos

Antônio Luis Rosa, do salão J. Sisters, foi quem realizou o procedimento - foto: reprodução

No entanto, durante o procedimento, o cabeleireiro Antônio usou um tratamento com "produtos orgânicos naturais" para hidratar os fios chamado Naturlite White Lightening Powder, que fez com que os cabelos de Myrella fossem caindo.

O profissional teria dito que a reação era normal e para a modelo não se preocupar. O produto ficou no cabelo dela por uma hora. Em seguida, ele teria usado uma chapinha elétrica no cabelo da modelo - os fios imediatamente começaram a cair. Posteriormente, o cabelo da modelo voltou a crescer, porém mais fino e com menos brilho.

"Era para fazer uma simples franja, mas ele pediu para fazer algumas mechas e que eu não desse palpite. Demoramos mais de 12h no salão e saí de lá careca. Quando ele tirou o último papel alumínio, peguei o fio de cabelo e ele caiu na minha mão. Eu não sabia se devia chamar a polícia no momento", revelou a modelo.

"Myrella sentiu como se tivessem posto fogo em seu couro cabeludo ou esfregado pimenta vermelha nele", explica o seu advogado na ação judicial.

Por Jessica Moraes

Comente

Assuntos relacionados: tratamento cabelos tratamento capilar