Máscaras capilares: como decidir qual utilizar?

Quais? Como? Por quê? São as perguntas que Julia Doorman responde sobre o tema que gera muitas dúvidas nas mulheres
máscara capilar

 

O uso de máscaras para cabelos é cada vez mais comum, mas muitas mulheres cometem o mesmo erro: usam as mesmas receitas para objetivos diferentes, como hidratação, nutrição, crescimento e reconstrução. Temos que saber que os resultados diversos são atingidos com receitas diferentes. “É preciso entender que existe diferença entre os tipos de máscaras e como aplicá-las”, aponta Julia Doorman, youtuber do canal Cabelos de Rainha, que já conta com mais de 815 mil inscritos. 


Ela destaca as diferentes máscaras que existem e cada finalidade que possuem. “As máscaras capilares podem ajudar as mulheres com o bem-estar do cabelo, e a mantê-lo sempre saudável e com brilho. Basta usá-las corretamente e dentro de um cronograma capilar”, conta. Veja abaixo o que Júlia diz sobre os diferentes tipos de máscara e não erre na hora de tratar os fios! 

Máscaras reconstrutoras

máscara capilar

As máscaras reconstrutoras têm como objetivo repor massa, aminoácidos e proteínas. “Essas máscaras reconstrutoras fortalecem os fios porque, como são feitas com base em queratina, formam uma película de proteção que ajuda no fortalecimento dos fios”. Julia Doorman ressalta que a frequência de aplicação das máscaras reconstrutoras pode mensal ou quinzenal, depende do estado de cada cabelo. Cabelos com químicas pode fazer mais reconstrução quinzenalmente. 

Máscaras nutritivas

máscara capilar

As máscaras nutritivas têm como função principal desenvolver os lipídios do fio e a gordura natural que é preciso ter no cabelo, deixando-o alinhado, sem pontas duplas, com brilho e sedoso. “Aplicar máscara de nutrição uma vez por semana é o ideal para se ter um cabelo bem nutrido e com brilho”, aconselha Julia.

Máscara de hidratação

máscara capilar

Essa máscara é responsável por manter a umidade dos fios, que é a água natural presente no cabelo. “Esse é um processo que pode ser feito em todos os tipos de cabelo e sem limites, incluindo até os maios oleosos. A hidratação não sobrecarrega os fios, podendo ser realizada todo dia para que o cabelo não resseque”, ensina. Hoje temos opções de máscaras e ampolas que podem ser usadas no banho mesmo, para quem não tem tempo. 

Máscara para crescimento do fio

As máscaras que ajudam no crescimento dos cabelos, geralmente contêm ativos que estimulam a circulação sanguínea, como o alecrim, hortelã e óleo de rícino. “Tudo o que ativa a circulação sanguínea leva mais nutrientes para o bulbo capilar, ajudando no combate à queda e estimulando o crescimento. É importante massagear o couro cabeludo por mais um ou dois minutos na hora do banho, não só colocar no cabelo e tirar”, conclui Julia Doorman.

Comente